/* */
Dia a dia

Homens são detidos por desmatamento e animais furtados de reserva ambiental são recuperados

          Adailton e David foram indiciados pelo crime de destruição de APP – fotos: Divulgação/PC-AM

David Carneiro Cardozo, 35, e Adailton Carlos Freitas, 44, foram detidos, nesta sexta-feira (19), por crime ambiental. Eles foram localizados, por policiais civis da Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema), em uma Área de Preservação Permanente (APP), no conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus. 

As aves foram apreendidas dentro de um balde

De acordo com o delegado Samir Freire, titular da Dema, a equipe de investigação foi informada na unidade policial que, nas redondezas do conjunto Parque das Laranjeiras, uma área verde estava sendo desmatada. Na manhã de hoje, por volta das 9h30, os policiais civis se deslocaram até o local indicado e constataram a veracidade das informações. Conforme o delegado, tratava-se de um procedimento de terraplenagem, técnica utilizada para alinhar o solo.

Na ocasião, agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) participaram da ação e identificaram a área desmatada como Área de Preservação Permanente (APP). David e Adailton, que estavam trabalhando no local, sem licença ambiental, foram detidos por destruição de APP. O responsável pelo serviço foi identificado e será notificado para prestar esclarecimentos no prédio da Dema, onde serão realizados os procedimentos cabíveis.

Segundo Freire, dando continuidade à averiguação de denúncias, a equipe da Dema se deslocou até a rua Ouriço do Mar, no Conjunto Arruda, segunda etapa do bairro Distrito Industrial, Zona Sul. No local foram encontrados, escondidos em baldes, dois Periquitos-de-asa-branca. As aves foram furtadas no último dia 8, do Refúgio da Vida Silvestre Sauim Castanheiras.

“Chegamos no local por volta das 13h. Identificamos os animais silvestres em situação de maus-tratos. As aves foram encontradas dentro de um balde e com alimentação irregular. Liliziethe Anaquiri de Carvalho, 36, foi detida no local e conduzida pelos policiais civis até o prédio da delegacia especializada. Os animais encontrados com ela foram devolvidos ao Refúgio da Vida Silvestre Sauim Castanheiras”, explicou o titular da Dema.

                             A área está localizada no conjunto Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul

Na delegacia Adailton e David foram indiciados pelo crime de destruição de Área de Preservação Permanente e assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por ausência de licença ambiental. Liliziethe irá assinar TCOs por adquirir e armazenar animais silvestres e, ainda, por maus-tratos de animais. A infratora também será indiciada pelo crime de receptação. Ao término dos procedimentos cabíveis os infratores serão liberados.

EM TEMPO
Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir