Dia a dia

Homem vai a ramal no Tarumã entregar ‘pasta’ e é morto a tiros

A vítima e o autor dos tiros tinham uma rixa antiga - foto: Marcos Lima

A vítima e o autor dos tiros tinham uma rixa antiga, segundo relatos – foto: Marcos Lima

O vigilante Richard Wagner Magalhães da Silva, 46, foi morto com dois tiros, por volta das 10h30 desta quinta-feira (26), no ramal do Cetur, bairro Tarumã, Zona Oeste da cidade.

A polícia informou que a vítima estava na companhia de duas mulheres que não tiveram os nomes divulgados, no bairro Vieiralves, entregando currículos em uma empresa, quando o homem falou que precisava ir até ao ramal, entregar uns documentos para uma pessoa.

Ao chegar ao local do fato, o suspeito, que trajava calça jeans e camisa branca, estava aguardando por Richard, que saiu do veículo e caminhou em sua direção. Porém, no momento em que ia entregar uma pasta ao homem, o mesmo sacou uma arma e efetuou os disparos contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

De acordo com a polícia, as mulheres que estavam com Richard conseguiram fugir e se esconderam em uma área de mata. O suspeito fugiu no carro da vítima, modelo Celta de cor vermelha, placa JXE-3499, porém, em seguida, o abandonou na avenida do Turismo.

Conforme apuradas informaram à polícia, a vítima e o autor dos tiros tinham uma rixa antiga, devido a briga por lotes de terras. Eles também contaram que Richard era dono de uma grande área de terra nas proximidades de onde ocorreu o crime, porém o suspeito falava que o verdadeiro dono das terras era ele.

Inicialmente, o caso foi registrado no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), mas será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).
Por Mara Magalhães

Colaborou Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir