Dia a dia

Homem mata tio a terçadadas em sítio na Manoel Urbano e é ‘detido’ por populares

‘Luan’ foi levado para a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru - foto: Colaborador EM TEMPO Online

‘Luan’ foi levado para a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru – foto: Colaborador EM TEMPO Online

Um jovem identificado como Luan Alfaia Batista de 19 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (23), no ramal Nova Esperança, na Rodovia Manole Urbano, no município de Manacapuru (a 89 quilômetros de Manaus). Ele matou o próprio tio, o pedreiro Valmir Marques Alfaia, 62, a golpes de terçado na noite de ontem.

Conforme o sargento Ferreira da Policia Militar, do município, populares reconheceram o suspeito e acionaram a polícia. “Os moradores do ramal Nova Esperança, reconheceram o Luan e conseguiram detê-lo. Eles o amarram em uma árvore até a chegada dos policiais”, disse.

O crime ocorreu por volta das 18h de ontem, na casa da vítima, localizada no quilometro 59, também da Rodovia Manoel Urbano.

De acordo com informações da polícia, o jovem estava foragido pelo crime de roubo e foi até a casa do tio tirar satisfações com a vítima, pois acreditava que este o havia lhe denunciado.
Quando o suspeito chegou à casa do tio o ameaçou e em seguida desferiu os golpes que atingiram a cabeça e o tórax da vítima. O pedreiro não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Conforme a PM, após matar o tio, o criminoso ainda ameaçou sua prima, que não teve o nome informado, e mais duas crianças de 1 e 5 anos, que estavam no imóvel. A mulher ficou desesperada e fugiu com as crianças para uma área de mata.

O corpo da vítima foi removido pelo Instinto Médico Legal (IML) e trazido para a sede do órgão, situada na Zona Norte da capital, onde passou por procedimentos de necropsia e foi liberado para os familiares.

‘Luan’ foi levado para a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, onde estão sendo feitos os procedimentos.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir