Dia a dia

Homem é preso após agredir ex-companheira, na Zona Sul

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Crimes Contra Mulher (DECCM) - foto: Arthur Castro

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Crimes Contra Mulher (DECCM) – foto: Arthur Castro

Maicon Deive da Costa Colares, 29, foi preso no sábado (3), após agredir a ex-companheira, a industriária Valcilene dos Santos Cardoso,33. A prisão ocorreu na rua Magalhães Barata, localizada no bairro São Lázaro, Zona Sul da capital.

De acordo com a plantonista da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DCCM), delegada Poliana Menezes, a vítima compareceu à delegacia para registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.), informando sobre a agressão física cometida pelo ex-companheiro. “Ela chegou aqui com o rosto visivelmente lesionado. Diante disso, tomamos as medidas cabíveis”, disse a delegada.

A vítima informou, em depoimento, que foi agredida com um soco no rosto, no momento que retornava de um aniversário no bairro Betânia. Disse, ainda, que o infrator bateu nela por vingança, uma vez que a mulher já tinha  denunciado outras vezes.

A delegada ainda relatou, que o suspeito já responde dois processos por lesão corporal e injúria, além de ameaça e vias de fato contra a mulher.

“No dia 17 de julho deste ano ele foi preso por agredir Valcilene. Para ele já havia, inclusive, um mandado de intimidação de medida protetiva de urgência, que foi violado por conta desse novo episódio”, afirmou Menezes.

Em depoimento, o homem nega as agressões, mas a polícia informou que tem provas suficientes que provam que ele cometeu a agressão conta a mulher.

Na unidade policial, Maicon foi autuado em flagrante por lesão corporal, combinada com a Lei Maria da Penha. Por se tratar de crime afiançável, foi arbitrado o valor de R$788. Ele até o final de domingo para efetuar o pagamento.

Caso não seja feito o pagamento, ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir