Dia a dia

Homem confessa ter recebido R$ 50 em participação de latrocínio

“Maninho” roubou R$ 150 do carro de Josane e segurou Ana Paula que tentava fugir durante o assalto – Ana Sena

Gilvan Lima Dias, o “Maninho”,25, suspeito de participar do assalto que resultou na morte do casal Josanne Maria Almeida da Silva e Ana Paula da Silva Pereira, ocorrido em fevereiro deste ano, foi preso. O fato ocorreu na última sexta-feira (10), no loteamento Parque Mauá, bairro Mauazinho, Zona Leste. Em depoimento, o suspeito assumiu a culpa pelo crime e disse ter recebido R$ 50 do comparsa Felipe Xavier Oliveira, 18, após cometer o roubo seguido de morte.

Conforme a Polícia Civil, após a prisão de Felipe, que foi autor dos disparos, “Maninho”, que já tinha sido identificado, viu uma foto dele nos meios de comunicação e fugiu na tentativa de se esconder da polícia. Ainda segundo as investigações, “Maninho” foi preso na casa da sogra e confessou que Felipe o chamou para cometer assaltos, no bairro Crespo, Zona Sul.

De acordo com o titular da Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), Juan Valério, “Maninho” roubou R$ 150 do carro de Josane e segurou Ana Paula que tentava fugir durante o assalto.

“Ele alega não ter efetuado o disparo, mas confessa a participação no assalto e disse que recebeu R$ 50 do comparsa depois do crime. Ele vai ser autuado pelo mesmo que crime que o comparsa, que efetuou o disparo, porque ele estava ciente do que aconteceria durante os roubos que eles pretendiam cometer”, afirmou o delegado.

O suspeito foi autuado em cumprimento a mandado de prisão por latrocínio (roubo seguido de morte).

Ana Sena
EM TEMPO

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top