Cultura

Hobby de colecionismo cresce em Manaus

PLATEIA---D1---FOTO1

Bonecos inspirados em personagens de cinema, quadrinhos e games estão entre os objetos de desejo de colecionadores – foto – Diego Janatã

Aos olhos comum, colecionar figurinhas, bonecos ou peças antigas parece brincadeira de criança, entretanto, visto de perto, é um hobby que faz muita gente gastar muito dinheiro em busca de saciar os desejos da infância. Alavancado pelo sucesso da indústria cinematográfica, o colecionismo tem ganhado espaço com peças conhecida como action figures e card games – que fazem referência ao mundo dos animes nipônicos e da literatura medieval.

Em Manaus, o mercado do colecionismo começa a dar seus primeiros passos, influenciado pelos filmes de super-heróis da meninice, e que retornaram às telonas com força total nos 5 últimos anos. Um mundo paralelo se ergue e reúne gente de todas as idades pela internet, em sites de compra, redes sociais, e lugares nada comuns, como “calabouços” onde interessados em card games se reúnem para campeonato e jogos off-lines.

Na capital amazonense, há pelo menos 3 páginas em redes sociais que reúnem mais de 17 mil colecionadores em busca de negócios de gente grande. Para o administrador de uma delas no Facebook, a “Colecionadores de Miniaturas Manaus”, Anderson Sales, o mercado do colecionismo na cidade é bastante promissor, visto que os clientes, em sua maioria, são pessoas com poder aquisitivo de médio para alto.

“As peças variam de R$ 100 até R$ 5 mil, portanto, não pode ser considerado ‘coisa de criança’. O mercado envolve ainda as lojas de decoração, pois de nada vale uma bela figura se não estiver exposta de acordo com o seu valor. Os valores praticados nas grandes lojas locais da cidade de brinquedos são ainda um obstáculo a serem superados por nós colecionadores”, comenta.

Segundo Anderson, que também é um aficionado por action figures, muitos quiosques e bancas de revistas são alvo dos colecionadores por terem peças baratas e simples, “que de uma forma ou de outra saciam a vontade de ter o personagem na prateleira de casa”, afirma. “Do mesmo jeito que muitos gostam de um quadro ou obra de arte na sua sala, para o colecionador de miniaturas ver suas peças numa prateleira lhe dá prazer e sentimentos bons do passado”, observa Anderson.

 

Filmes

Surfando na onda dos colecionadores, algumas lojas têm se especializado e aberto as portas na capital. Uma delas, a Collect Action, inaugurou no Amazonas Shopping. Os proprietários, Leonardo Almeida e André França, dizem que ideia de abrir o quiosque surgiu quando perceberam que o mercado estava crescendo no Brasil e havia a dificuldade de encontrar produtos do gênero para os colecionadores de Manaus.

“O mercado está bom, existem vários grupos de colecionadores nas redes sociais. Aqui as pessoas procuram de tudo, desde action figures, bonecos para colecionadores, réplicas de carros originais, entre outros”, explica Leonardo.

Segundo os empresários, as peças de adoração mais cultuadas e procuradas pelos colecionadores geralmente estão ligadas aos filmes que têm alguma ligação com o universo das editoras Marvel ou DC, estrelados por personagens Os Vingadores, Capitão América, Thor, Hulk, Superman, e ainda a saga “Star Wars”.

“Geralmente os colecionadores buscam personagens em que as pessoas se apegaram na infância, como Batman, Superman. Então ela quer ter uma lembrança daquilo e colocar na sua estante”, reflete Leonardo Almeida.

Conforme os proprietários, quando maior for o “boneco”, mais caro ele fica. “Quanto mais perto do tamanho real, mais cara a peça é. Não existe um teto específico, depende da raridade ou o quão bem trabalhada ela foi. Nós já tivemos uma estátua do Homem de Ferro da Iron Studios, uma fabricante brasileira, que chegou a custar R$ 2,9 mil e a vendemos rapidamente. A fabricante só fez 500 peças”, diz André.

Por Stênio Urbano

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir