Eleições 2016

Hissa diz que seria uma honra receber apoio de Amazonino Mendes

O candidato disse que Educação, Saúde e Mobilidade urbana terão mais atenção em sua gestão - foto: arquivo /EM TEMPO

O candidato disse que Educação, Saúde e Mobilidade Urbana terão mais atenção em sua gestão – foto: arquivo /EM TEMPO

O deputado federal e candidato à prefeitura de Manaus pelo PDT, Hissa Abrahão, afirmou,  em entrevista a uma rádio local na manhã desta segunda-feira (15), que, apesar dos burburinhos, em nenhum momento houve posicionamento oficial sobre o apoio de Amazonino Mendes, mesmo partido, a  sua candidatura, mas que seria uma honra ter o apoio do ‘Negão’.

“Seria uma honra receber este apoio, mesmo tendo informações de que alguns candidatos, como Marcelo Ramos (PR), visitam Amazonino com frequência para pedir conselhos políticos”, disse Abraão.

Durante a entrevista, o candidato do PDT pediu que a população manauara acompanhasse os debates televisivos – a TV EM TEMPO fará o dela no dia 27 de setembro – porque, segundo ele, haverá combate à “hipocrisia dos demais candidatos”. Hissa disse ter certeza que disputará o segundo turno das eleições.

“Não sou cavalo paraguaio. Em qualquer eleição, ganhamos política ou eleitoralmente. E mesmo respeito quaisquer pesquisas, aposto que estarei no segundo turno”, declarou.

Arthur Neto

Na entrevista, Hissa também comentou sobre o rompimento com o candidato à reeleição, prefeito Arthur Neto (PSDB). Eleito como vice e colocado à frente da Secretaria Municipal de Infraestrutura, tida como a ‘menina dos olhos’ da gestão atual, Hissa preferiu renunciar aos cargos e trabalhar como deputado. Sem dar maiores declarações sobre os motivos, ele alegou a “difícil convivência, o temperamento muito forte e as ideias que mudam com frequência”, como principais fatores que contribuíram para o abalo na relação entre os dois.

Programa de governo

A tríade tecnologia, sustentabilidade e humanização será a chave principal das propostas apresentadas por Hissa durante a disputa pela prefeitura. Os setores que receberão maior atenção em sua gestão são Educação, Saúde e Mobilidade urbana.

“São essas novas ideias, munidas ao rigor administrativo e vontade de trabalhar, que me levam a ser candidato”, disse Abrahão.

Duas propostas foram anunciadas na entrevista: a criação do transporte fluvial urbano, como uma opção a mais de deslocamento, feito pela orla de Manaus; e o prontuário eletrônico, onde o médico teria acesso às fichas dos paciente de qualquer Unidade Básica de Saúde (UBS).

Por equipe EM TEMPO online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir