Sem categoria

Hissa confirma filiação ao PDT e anuncia pré-candidatura à prefeitura de Manaus

Na disputa ao Executivo pelo PDT, Hissa terá como ‘colega’ partidário o ex-prefeito de Manaus, Amazonino Mendes - Foto: Divulgação

Na disputa ao Executivo pelo PDT, Hissa terá como ‘colega’ partidário o ex-prefeito de Manaus, Amazonino Mendes – Foto: Divulgação

O deputado federal Hissa Abrahão (PPS) confirmou, nessa quarta-feira (16), que migrará para o PDT e é pré-candidato à prefeitura de Manaus este ano pela sigla. “Estou entrando (no PDT) com a carta branca para ser candidato à prefeito, mas oficializarei isso em abril ou maio, na capital, em um evento com o deputado federal Everton Rocha, o Ciro Gomes e o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi”, disse Hissa.

Hissa tem até esta sexta-feira para oficializar junto à Justiça eleitoral a migração para a nova legenda, aproveitando a janela partidária. Ele disse que a partir da oficialização, será o presidente municipal do partido político, em Manaus, e terá como missão trabalhar a unidade do PDT no Amazonas.

“Seis meses atrás recebi o convite do Carlos Lupi e depois fui convidado pelo Ciro Gomes que é pré-candidato à Presidência da República, em 2018. Hoje (ontem) fui apresentado para a bancada federal do PDT no Congresso em um ato simbólico de filiação. Estou entrando no PDT não para buscar a unanimidade, mas sim a unidade interna do partido político”, disse Hissa.

De acordo com a assessoria de comunicação do deputado federal, o presidente do PDT, Carlos Lupi, informou que a ida do parlamentar amazonense para o partido político tem como objetivo reestruturar a instituição partidária no Amazonas. “Eu fiz o pedido, pessoalmente, o Ciro, também, ao Hissa. Ele é um homem experiente, preparado e de ideias novas. Tudo que o nosso partido precisa no Estado amazonense. Sem sombra de dúvidas, ele será o novo oxigênio do PDT no Amazonas. Ele entra com a garantia nacional que é o nosso candidato a prefeito. Nós não temos duas palavras, não voltaremos atrás. E ele tem reais chances de ganhar a eleição e vamos trabalhar duro para isso”, disse Lupi, segundo a assessoria de Hissa Abrahão.

O deputado federal migrou para o PDT para viabilizar sua pré-candidatura ao Executivo municipal. Hissa foi vice-prefeito de Manaus, eleito em 2012, na chapa do prefeito de Manaus Arthur Neto (PSDB), foi nomeado secretário municipal de infraestrutura, mas foi exonerado do cargo, em dezembro de 2013, por Arthur Neto por conta das eleições, em 2014. Hissa foi eleito deputado federal e deixou a administração municipal.

Segundo ele, o prefeito eleito de Manaus, em 2017, deve trabalhar para não atrapalhar a vida da população. “Hoje um prefeito para Manaus tem que fazer o que tiver que ser feito, não adianta ficar iludindo a população com projetos, com marketing”, disse.

Na disputa ao Executivo pelo PDT, Hissa terá como ‘colega’ partidário o ex-prefeito de Manaus, Amazonino Mendes. Questionado a respeito da filiação do ex-prefeito à sigla, Hissa disse que Amazonino, mesmo afastado do processo político, pode contribuir com o PDT com sua trajetória política de três mandatos à frente do Executivo estadual e três no comando do Executivo municipal.

Por Camila Carvalho

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir