Eleições 2016

Hissa Abrahão visita feira no Viver Melhor e reafirma compromisso com comerciantes

Hissa Abrahão informou que em sua gestão vai reestruturar as feiras de Manaus, de modo que o ostracismo encontrado atualmente em alguns pontos comerciais fique no passado - foto: divulgação

Hissa Abrahão informou que em sua gestão vai reestruturar as feiras de Manaus, de modo que o ostracismo encontrado atualmente em alguns pontos comerciais fique no passado – foto: divulgação

Após visitar feiras da capital e ver de perto a realidade improvisada em pontos de vendas ambulantes, como a feira do conjunto Habitacional Viver Melhor 1, na Zona Norte, o prefeiturável Hissa Abrahão, da Coligação “Novas Ideias, Novo Caminho“ (PDT/PSDC), reafirmou o seu compromisso com os comerciantes, na véspera do Dia do Feirante, que será comemorado nesta quinta-feira (25).

“Entendo que vocês, amigos feirantes, com esse carisma e responsabilidade social nunca se cansam de alegrar nossas manhãs, contribuindo decisivamente para a segurança alimentar e nutricional dos manauenses. Entendo bem as condições de trabalho em que atuam, da busca incessante pela qualidade do produto oferecido e da oferta digna de preço ao consumidor final. Nessa constante busca por novas oportunidades, quero deixar aqui o meu agradecimento e o nosso empenho em devolver a vocês o poder de negociação sem atravessadores, a garantia de venda no âmbito de locais mais humanizados e equipados”, disse.

Hissa Abrahão informou que em sua gestão vai reestruturar as feiras de Manaus, de modo que o ostracismo encontrado atualmente em alguns pontos comerciais fique no passado.

“Tem feiras tradicionais como a do Japiim, Coroado, São Jorge, com box fechado. Feirantes tradicionais fecharam as portas e mudaram de ramo. Tudo porque a prefeitura não dar suporte necessários aos trabalhadores. É preciso ter compromisso com essa classe tão importante da sociedade amazonense”, comentou o candidato, informando que no Viver Melhor 1 mais de 100 feirantes trabalham de forma improvisada na comunidade, “O que custa a prefeitura, que já gastou mais de R$ 200 milhões em propaganda, organizar o local para os feirantes atuarem em condições dignas? No nosso governo, assumo o compromisso de trazer a alegria aos feirantes”, finalizou.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir