Mundo

Hillary obtém metade dos delegados necessários para candidatura

hillary-clinton

A três meses do fim das prévias do Partido Democrata, a ex-secretária de Estado americana Hillary Clinton já conseguiu mais da metade dos 2.382 delegados necessários para sua candidatura pela sigla à Casa Branca.

Após as primárias da terça-feira (8), Hillary já conta com 1.221 delegados, segundo a contagem do site Real Clear Politics. Seu oponente, o senador pelo Vermont Bernie Sanders, tem 571.

A soma só foi possível pelo forte apoio que a democrata já tem entre os superdelegados, que podem votar sem seguir o que as urnas apontaram em seu Estado. Destes 1.221 delegados, 461 são superdelegados. Sanders só tem o apoio de 25 superdelegados.

Apesar da conquista, contudo, Hillary sofreu uma surpreendente e dura derrota em Michigan, na última terça. Sanders venceu no Estado por 49,8% dos votos contra 48,3%. As pesquisas apontavam, há uma semana, vitória de Hillary por mais de 20 pontos.

Um levantamento feito pela CNN após a primária mostra que Sanders foi melhor que Hillary (56% a 40%) entre os eleitores que estão “muito preocupados” com a economia americana e entre os que acreditam que o comércio com outros países tira empregos dos americanos (56% a 43%). Entre os que apontam que um candidato deve ser antes de tudo honesto e verdadeiro, Hillary perdeu para Sanders por 19% a 80%.

O Que falta

A surpresa de Sanders na terça, contudo, não garante o empurrão que ele precisaria para ter uma possível candidatura. Com o que tem hoje, ele precisaria obter 66% dos delegados ainda em jogo para vencer. Até agora, ele conseguiu 42% do que foi disputado -o que mostra que ele teria que melhorar sua performance, nos números, em mais de 50%.

A missão de Sanders se torna ainda mais difícil porque os Estados onde é representativa a população latina -grupo de eleitores que prefere Hillary- ainda vão votar.

A ex-senadora e ex-primeira-dama, por sua vez, precisa de 42% dos delegados ainda em disputa para atingir o mínimo de delegados necessários para a candidatura.

Se sua performance entre os 226 superdelegados que ainda não declararam seu apoio permanecer a mesma de agora -ela tem 95% dos votos deste grupo-, Hillary só precisaria obter cerca de 35% dos delegados ainda em jogo para vencer.

Caso Hillary mantenha os 58% dos delegados em disputa que tem conseguido até agora, ela pode chegar à soma dos 2.382 já em 26 de abril -menos de dois meses antes do fim das prévias-, na rodada de prévias que inclui a Pensilvânia e antes da disputa na importante Califórnia, que tem 475 delegados em jogo.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir