Cultura

Heroína negra substituirá Tony Stark em nova série do Homem de Ferro

A armadura do Homem de Ferro será em breve usada por uma mulher, informou nesta quarta-feira (6) a revista “Time”. Tony Stark – o empresário bilionário que usa alta tecnologia para combater o crime- será substituído pela heroína negra Riri Williams em uma nova série do personagem nos quadrinhos, segundo a publicação.

A história, que ainda não ganhou nome, começará a ser publicada após a conclusão de “Guerra Civil II”, que acaba de sair nos Estados Unidos.

A moça é descrita pela Marvel como um “gênio da ciência que entrou no MIT [Instituto de Tecnologia de Massachusetts] aos 15 anos”. Ela chama a atenção de Stark quando constrói sozinha em seu dormitório sua própria armadura do Homem de Ferro.

À “Time”, o roteirista Brian Michael Bendis, idealizador da personagem que esteve envolvido também na criação de Jessica Jones e Miles Morales (uma versão hispânica do Homem-Aranha), disse que Riri foi inspirada no mundo ao seu redor, “que não é suficientemente representado na cultura popular”.

A nova personagem faz parte de uma tentativa da Marvel de diversificar seu elenco, formado principalmente por homens brancos. Segundo Bendis, a iniciativa ainda enfrenta resistência por parte dos fãs.

“Há fãs que dizem ‘mostrem coisas novas’ e há fãs que dizem ‘não faça nada diferente do que tinha quando eu era criança’. Então, quando você introduz novos personagens, sempre vai ter gente ficando paranoica pelo fato de você estar arruinando a infância delas”, brincou.

Por FolhaPress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir