Cultura

Hawake e Glory Opera comandam ‘SabbaRock’

Seguindo a linha do hard rock e do heavy metal, a Hawake iniciou a carreira há 9 anos - foto: divulgação

Seguindo a linha do hard rock e do heavy metal, a Hawake iniciou a carreira há 9 anos – foto: divulgação

A semana de aniversário do Porão do Alemão (avenida Coronel Teixeira, 1.986, São Jorge) chega ao fim ao som de clássicos do rock e do heavy metal neste sábado. A nova edição do ‘SabbaRock’ rola sob o comando da Hawake, trazendo canções de grandes nomes do rock mundial, e da Glory Opera, que agita os ‘rockers’ do bar com sua setlist de covers e autorais calcada no metal. A balada rock inicia às 21h, com shows ao vivo a partir das 23h.

A Hawake apresenta um repertório de artistas e bandas consagrados do rock mundial, de várias épocas e vertentes. Van Halen, Queen, Bon Jovi, Metallica, Iron Maiden e Black Sabbath são alguns dos nomes que marcam presença na setlist do grupo, formado por Rod Splater (vocal), João Almeida (baixo), Darlan Cruz (bateria), Efrem Davilla (teclados) e Fábio Botelho (guitarrista).

Seguindo a linha do hard rock e do heavy metal, a Hawake iniciou a carreira há 9 anos, tocando em bares e festivais de rock de Manaus. O grupo hoje trabalha no repertório de seu álbum autoral, a ser gravado no ano que vem no Estúdio Fusão, de Thiago Bianchi, em São Paulo.

A Glory Opera, representante do heavy metal, vai tocar um repertório equilibrado entre canções autorais e covers de outras bandas. Entre as primeiras estão as composições dos dois álbuns do grupo amazonense, “Rising Moangá” (2002) e “Equilibrium” (2007), algumas delas já hits da plateia do Porão, como “Endless sin”, do primeiro disco.

“É uma música que o pessoal sempre pede e sempre tocamos”, comenta o vocal Humberto Sobrinho. O repertório da banda, acrescenta ele, completa-se com uma setlist de sucessos do heavy metal e internacional de nomes como Angra, Viper, Metallica, Iron Maiden, Megadeth e Ozzy Osbourne.

No palco, Humberto se apresenta ao lado de Daniel Silva (guitarra), Helmut Quacken (bateria), Kleiberson Lisboa (teclados) e Mykon Garcia – este substituindo o baixista oficial Emerson Dácio. Outra novidade no show fica por conta da participação especial de Elena Koynova, violinista da Amazonas Filarmônica, que divide o palco com a banda em “Fade to black”, do Metallica.

Não é a primeira vez, aliás, que Elena divide o palco com a Glory Opera. “Ela é uma pessoa muito querida não só da banda como do pessoal do rock da cidade toda. Está sempre tocando no Porão com alguma banda, e desta vez a convidamos a tocar conosco”, elogia Humberto, que já cantou ao lado da instrumentista russa em outras ocasiões, como no concerto em tributo ao Queen, “A night at the opera”, em 2013.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir