/* */
Economia

Hapvida expande rede de atendimento no Amazonas

 

Nova unidade da Zona Sul deverá atender, principalmente, funcionários de empresas do parque industrial – Fotos: Janailton Falcão

Com investimentos de R$ 6,4 milhões, a Hapvida ampliou sua rede de atendimento no Amazonas, que agora passa a contar com seis novas unidades em Manaus.

Ontem (19), na avenida Buriti, foi inaugurado o Pronto Atendimento (PA) do Distrito Industrial, na Zona Sul. A unidade deverá atender 12 mil industriários por mês, que atuam nas fábricas do Polo Industrial de Manaus (PIM). O local tem previsão para começar a atender a partir da próxima segunda-feira (24), mas somente das 7h às 19h.

Antes desse PA, a Hapvida já havia inaugurado um outro posto de atendimento, no bairro Adrianópolis, na Zona Centro-Sul, além de quatro hapclínicas: na rua Duque de Caxias, na rua Silves, no bairro Flores e no bairro Parque 10. Essas novas unidades vão se juntar à rede Hapvida, que já é formada por dois hospitais – São Lucas e Rio Negro – pelo Pronto Atendimento da Cidade Nova, além das hapclínicas da avenida João Valério, na Zona Centro-Sul, do bairro Cidade Nova, na Zona Norte, e da Zona Leste.

O superintendente comercial empresarial da Hapvida, André Rosas, informou que a unidade de Pronto Atendimento do Distrito Industrial é semi-hospitalar. Segundo ele, o local vai fazer atendimento de urgência e emergência, equipada com raio-X, ultrassom, leito de internação de 12 horas, sala de parada e reanimação e consultórios. “Estamos ‘no coração’ do Polo Industrial de Manaus focados em atender os funcionários do distrito”, revelou.

André destacou que a Hapvida cresceu, apenas em 2016, 7,92% no número de clientes de medicina e 19,6% em odontologia, em todo o Norte e Nordeste, onde a operadora atua com rede própria. “Um progresso que se reflete, diariamente, na atenção à saúde da população e interfere diretamente na expansão, dos beneficiários e da rede própria”, declarou.

A empresa fez investimentos de mais de R$ 6,4 milhões para abrir novas unidades em Manaus

Descentralização

Por sua vez, a superintendente administrativa da Hapvida na Região Norte, Tarita Dourado, disse que as inaugurações estão pulverizadas em todas as regiões da cidade, causando descentralização para que a população possa ter uma rede exclusiva de atendimento médico eletivo. Ela informou também que a unidade do Distrito Industrial foi a última a ser inaugurada e fecha uma rede de investimentos no Estado do Amazonas, que atende hoje um total de, aproximadamente, 214 mil clientes.

Emprego

Ao todo, as quatro clínicas e as duas unidades de pronto atendimento da Hapvida geram mais de mil empregos diretos. As novas unidades vão dobrar a capacidade de atendimento, tanto médico quanto econômica e financeira da Hapvida.

 

Adesão

O número de usuários de planos de saúde, no Amazonas, cresceu 0,76% no último mês de março comparado ao mês anterior. O aumento vai de encontro à tendência de queda nesse mercado em nível nacional, que caiu 0,11% no mesmo período, de acordo com dados da Agência Nacional de Saúde (ANS).

Segundo a ANS, até o último mês de março, o Estado contava com 542.623 usuários com plano de saúde. A Hapvida lidera o ranking de adesões, com 214.584 usuários, alta de 3,11%. Em seguida, vem a Unimed, com 143.682 adesões, queda de 0,79%. O Bradesco também teve perdas no número de usuários de 0,68%, ficando com 52.127 adesões.

O superintendente comercial empresarial da Hapvida, André Rosas, atribuiu o crescimento ao fato de a empresa focar no atendimento. Segundo ele, a filosofia da empresa é unir qualidade e atendimento, com um preço que qualquer pessoa ou empresa possam pagar. “Por conta disso, a Hapvida é uma das poucas empresas brasileiras que têm crescido mesmo com a crise”, destacou.

O Norte foi a única região do país a ampliar o total de beneficiários de planos de saúde. A região registrou 3,7 mil novos vínculos, alta de 0,2%, impulsionada pelo mercado de planos de saúde no Amazonas, onde foram firmados 32,3 mil novos vínculos, alta de 6,3%.

 

 

Joandres Xavier
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir