Tecnologia

Hackers dizem ter atacado no Twitter milhares de contas relacionadas ao EI

O coletivo de hackers Anonymous afirmou nesta terça (17) ter sabotado milhares de contas no Twitter relacionadas à milícia terrorista Estado Islâmico.


O Anonymous usou sua própria conta no Twitter para fazer o anúncio.

“Mais de 5.500 contas do EI foram sabotadas”, informou a mensagem na rede social.

Já no domingo (15), um vídeo publicado na internet, o coletivo havia anunciado que se preparava para lançar ataques cibernéticos contra o Estado Islâmico.

Um homem com uma máscara do rebelde britânico Guy Fawkes, marca registrada do grupo, disse que os militantes do Estado Islâmico, que assumiram a responsabilidade pelas agressões na França, são “vermes” e que o Anonymous iria caçá-los.

“Esses ataques não podem ficar sem punição”, afirma o homem no vídeo, falando em francês.

“Lançaremos a maior operação de todos os tempos contra vocês. Esperem muitos ataques cibernéticos. A guerra está declarada. Preparem-se”, afirma o mascarado, sem dar detalhes do que os ataques irão envolver.

“Nós não perdoamos e não esquecemos.”

A facção terroristas chamou de “idiotas” os ciberativistas após a declaração de guerra

A milícia instruiu seus membros a não abrirem mensagens desconhecidas e a mudar com frequência de computadores e telefones para evitar um possível ataque.

O Anonymous é uma rede internacional de ativistas invasores de computadores que já assumiu a autoria de muitos ciberataques.

Em janeiro deste ano, pouco após os ataques ao semanário “Charlie Hebdo”, também em Paris, o Anonymous derrubou sites e contas em redes sociais de grupos terroristas ou que apoiam os terroristas.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir