Esportes

Guerrero mostra astral renovado e dá esperança ao Flamengo

As evoluções técnica e estrutural do clube deixaram Guerrero seguro de que terá um suporte melhor em 2016 foto: divulgação

As evoluções técnica e estrutural do clube deixaram Guerrero seguro de que terá um suporte melhor em 2016 foto: divulgação

Dez dias de pré-temporada foram suficientes para tranquilizar o Flamengo em torno de um incômodo problema. Paolo Guerrero demonstra astral renovado nos treinos e dá esperança de que 2016 pode ser bem diferente do ano que passou.

O peruano é conhecido pelo semblante fechado e não costuma se expressar muito. Um dos ouvintes preferidos é o companheiro dos tempos de Corinthians, Emerson Sheik. As conversas com o camisa 11 ligaram o alerta em 2015 pela insatisfação com o desempenho na Gávea, da mesma forma que renovaram o ânimo este ano.

O craque da camisa 9 não sabe o que é balançar as redes desde o último 23 de agosto, mas está animado com a chance de transformar a má fase em uma grande temporada.

As evoluções técnica e estrutural do clube deixaram Guerrero seguro de que terá um suporte melhor em 2016. A falta de estrutura já o incomodou bastante por conta da grave lesão no tornozelo direito.

Por diversas vezes, o atacante reclamou de dores no local após treinamentos e jogos e compartilhou com pessoas próximas a falta de confiança para entrar em campo depois que se machucou em 26 de agosto.

Ao que tudo indica, o clima e as condições de trabalho melhoraram. Se ainda não são ideais, ao menos deixam confortável o atacante que foi contratado para fazer gols e virar ídolo no Flamengo.

“Quando você trabalha com jogadores como o Guerrero, que são diferenciados em relação a ganhar títulos, chega uma altura que ganhar dinheiro importa, mas conquistar títulos é o mais importante. Eles não ficam satisfeitos só em participar, também sou assim. O Guerrero está vendo as melhorias no CT. Ele está animado com os reforços. Tenho a certeza de que dará a resposta novamente. É um jogador diferenciado”, explicou o técnico Muricy Ramalho.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir