Economia

Grupo Nova Era amplia investimentos na capital

O grupo pretende expandir a rede varejista com a construção de um novo empreendimento - foto: Márcio Melo

O grupo pretende expandir a rede varejista com a construção de um novo empreendimento – foto: Márcio Melo

Com investimentos de R$ 25 milhões e geração de 200 empregos diretos, Grupo Nova Era inaugurou nessa terça-feira (29) sua quarta loja em Manaus. Localizado na área do Shopping Manaus Via Norte, na Zona Norte, o novo empreendimento deve impulsionar o crescimento da empresa nos mercados atacadista e varejista da capital amazonense.

“Para disponibilizar mais alternativas de compras para a sociedade amazonense, o grupo resolveu erguer uma nova loja, pois essa é a única região que tem pra crescer e, por este motivo, viemos oferecer mais esta opção a sociedade amazonense”, afirmou o superintendente da empresa Marcelo Gastaldi.

A loja de 4 mil metros quadrados agrega opções como lanchonete, padaria, peixaria, açougue, hortifrúti e mais de 10 mil produtos, além de um galpão para depósitos. “Atualmente, o atacarejo é o segmento que mais cresce no Brasil. Esta modalidade oferece aos seus clientes um preço mais justo. Com esse pensamento, o grupo espera atender os anseios da sociedade dessa zona com serenidade”, pontuou Gastaldi.

Expansão

Além das unidades do Nova Era e do Pátio Gourmet, situado entre as avenidas Constantino Nery e Djalma Batista, na Zona Centro-Sul, o grupo pretende expandir a rede varejista com a construção de um novo empreendimento, cujo local não foi revelado.

“A meta do grupo é atender as massas da localidade e oferecer produtos com preços acessivos com oportunidades de compras, mesmo no período de crise que atravessa o país”, declarou David Araújo, da agência de publicidade R2 Comunicação.

Consumidores

Para a consultora de vendas Alice da Silva, 40, o novo supermercado Nova Era veio consolidar as necessidades da população da área com mais uma opção de compra. “Antes eu tinha que se deslocar para outro ponto da cidade, agora, além de ganhar tempo, também economizo no transporte até a minha casa”, disse.

A costureira Hircley Freitas, 38, aprovou a iniciativa do grupo em erguer uma loja que atenda a população da Zona Norte. “Estou contente em poder realizar minhas compras de supermercado mais próxima de casa, mesmo com os preços variando em comparação a outros estabelecimentos”. Explicou.

O eletricista Alberto Luiz Lopes Nunes, 54, conferiu o novo espaço de compras com a família e aprovou o empreendimento. “Moro no bairro Monte das Oliveiras e, antes, eu tinha que fazer as compras em local mais distante. Agora, além de economizar no bolso, também gasto menos tempo”, disse.

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir