Sem categoria

Grupo Marte detona explosivo deixado por assaltantes em agência Bradesco na Compensa

A operação foi realizada com sucesso e agora o material será avaliado pela perícia do Instituto de Criminalística - foto: Josemar Antunes

A operação foi realizada com sucesso e agora o material será avaliado pela perícia do Instituto de Criminalística – foto: Josemar Antunes

Homens do Grupamento de Manejo de Artefatos de Explosivos (Marte) detonaram, por volta das 7h15 desta terça-feira (27), na rua Amazonas, Compensa, Zona Oeste, um artefato explosivo retirado de dentro de uma agência do Bradesco, após ser abandonado por um bando de assaltantes que tentou roubar o banco sem sucesso.

De acordo com o capitão Mesquita Feitosa, do grupo Marte, a operação foi realizada com sucesso e agora o material será avaliado pela perícia do Instituto de Criminalística.

O artefato foi deixado por um grupo de pelo menos cinco homens que tentaram arrombar os caixas eletrônicos da agência durante a madrugada. Policiais militares da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) contaram que populares acionaram a polícia após ouvirem barulho de explosão na área, por volta das 3h.

Conforme o morador Armando Taveira de Lima, 69, cinco homens, sendo três uniformizados, fugiram do local num veículo Corsa Classic, cor prata, placa não identificada. “O carro já estava pronto para a fuga. Por duas vezes eu escutei a explosão dentro da agência”, disse. Um dos caixas eletrônicos no interior da agência ficou parcialmente danificado. A força da explosão despertou os moradores vizinhos, que acionaram a polícia.

“Nós fomos acionados por volta das 3h30 sobre a tentativa de assalto com explosivos. Um dos artefatos não foi detonado e fizemos a remoção para a detonação por completo”, explicou o capitão Mesquita Feitoza.

O grupo Marte chegou ao local por volta de 4h. Após o isolamento da área, o material, que estava em uma sacola plástica branca, foi removido por um robô multimissão e levado para a via pública, onde foram realizados todos os procedimentos para a sua detonação.

A ação também contou com a presença de homens do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) e equipe do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas ninguém ficou ferido.

O caso foi registrado no 8º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

De acordo com o capitão Mesquita Feitoza as imagens das câmeras de segurança serão disponibilizadas para ajudar nas investigações. Um inquérito policial será aberto pela Polícia Civil.

Por equipe EM TEMPO Online
Colaborou Josemar Antunes

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir