Dia a dia

Grupo é preso após roubo à peixaria no bairro Flores

Grupo-assaltantes-Peixaria

Felipe Ruan Soares de Araújo, 25, Josemar dos Santos de Lima, 25, e Anderson Meireles Cavalcante, 21, foram apresentados na manhã desta quarta-feira (8), no 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), após terem sido presos da tarde da última terça-feira (7), por policiais da Força Militares da Força Tática, na avenida Constantino Nery, bairro Flores, Zona Centro-Sul.

A prisão foi feita no momento em que o trio roubava clientes e funcionários de uma peixaria no mesmo bairro.

De acordo dom a titular do 12º DIP, delegada Fabíola Queiroz, a prisão da companheira de Anderson, Jacqueline Garcia Sobreiro, 29, realizada por ser apontada como a mentora do crime.

Conforme a delegada, o trio entrou no estabelecimento comercial e anunciou o assalto. Enquanto Anderson e Josemar recolhiam os pertences dos clientes utilizando armas de fogo, Felipe foi até o caixa e recolheu o dinheiro da renda do local. Os policiais militares foram acionados e prenderam os envolvidos.

Com eles os policiais apreenderam dois revólveres calibre 38 com seis munições intactas, R$ 1,009 em espécie do caixa da peixaria, além de vários celulares e carteiras porta cédulas dos clientes.

“O três foram encaminhados ao 12º DIP para os procedimentos cabíveis. A equipe do plantão iniciou as investigações e durante depoimento Anderson confessou que a companheira dele, Jacqueline, trabalhava na peixaria há três anos como auxiliar de serviços gerais. Anderson declarou ainda que a mulher foi a mentora da ação. Ela passou todas as informações sobre o dinheiro que estaria no caixa e também a data do pagamento dos funcionários”, declarou a titular do 12º DIP.

Jacqueline foi presa por volta das 4h desta quarta-feira, na casa onde morava, na Rua Irmã Creuza, bairro Zumbi dos Palmares 2, Zona Leste da capital.

Os quatro foram autuados em flagrante por roubo majorado. Na tarde de hoje, Felipe, Josemar e Anderson serão conduzidos à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital, onde ficarão à disposição da Justiça. Jacqueline será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Feminina (CDPF), no quilômetro oito da BR-174, onde também  ficará á disposição da Justiça.

 

Com informações da Assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir