Sem categoria

Grávida de sete meses, mulher é morta a facadas pelo marido, em Eirunepé

Raimundo Nonato Marques de Souza, conhecido como ‘Pimpolho’, 25, matou a esposa a facadas e fugiu - foto: divulgação

Raimundo Nonato Marques de Souza, conhecido como ‘Pimpolho’, 25, matou a esposa a facadas e fugiu – foto: divulgação/Polícia Militar

A dona de casa Cleiciany Guimarães da Costa, 23, grávida de sete meses, foi assassinada a golpes de faca pelo próprio companheiro Raimundo Nonato Marques de Souza, conhecido como ‘Pimpolho’, 25, informou a Polícia Militar de Eirunepé (a 1.160 quilômetros de Manaus). Raimundo está foragido. O crime ocorreu por volta das 19h dessa quinta-feira (7) na casa de uma tia, na rua 4, conjunto Padre José, no município.

Cleiciany foi atingida com um golpe no braço direito, dois nas costas e três no pescoço. Ela passou por cirurgia no hospital da cidade, mas morreu devido à hemorragia causada pelos ferimentos. O bebê também morreu.

Policiais militares conversaram com Cleiciany antes do crime. Eles foram à residência do casal ao receberem denúncia anônima sobre uma briga, mas a dona de casa informou que não havia nenhum desentendimento. Em seguida, foi à casa da tia. Lá, foi procurada por Raimundo. Eles saíram juntos e, minutos depois, Cleiciany voltou já ferida e pedindo socorro. ‘Pimpolho’ invadiu a casa e esfaqueou a mulher mais três vezes.

Raimundo, segundo informou a polícia, é usuário de drogas e possui uma extensa ficha criminal por diversos crimes, entre tentativa de homicídio e incêndio criminoso. Ele já cumpriu pena por tentativa de homicídio, mas foi posto em liberdade. No dia seguinte, ele ateou fogo na casa da própria mãe.

No sábado (2), foi detido ao portar um punhal dentro de um clube de festas no município. Ele deixou a carceragem na segunda-feira (4). Raimundo será enquadrado em crime de feminicídio, com penas entre 12 e 30 anos de prisão, e homicídio.

Por Josemar Antunes

1 Comment

1 Comment

  1. lu

    8 de abril de 2016 at 12:26

    Em Eirunepé é assim. Bandido mata e sai da cadeia no outro dia. Não é de hoje que acontece. Município pequeno tomado pelas drogas e pelo crime. A população lá não conta com ninguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir