Política

Governo faz diário oficial extra para nomear cargos em 18 ministérios

A presidente cancelou as nomeações de Paulo Cesar Figueiredo Ribeiro para a diretoria de Planejamento da Sudam e de José Rodrigues Pinheiro Dória para ministro interino da Integração Nacional - foto: divulgação

A presidente cancelou as nomeações de Paulo Cesar Figueiredo Ribeiro para a diretoria de Planejamento da Sudam e de José Rodrigues Pinheiro Dória para ministro interino da Integração Nacional – foto: divulgação

O governo publicou na sexta-feira (15) de noite um Diário Oficial extraordinário para nomear e exonerar mais de uma centena de cargos de comissão do governo federal.

Foram feitas mudanças nos Ministério da Saúde, Agricultura, Esportes, Ciência e Tecnologia, Cultura, Defesa, Fazenda, Integração Nacional, Justiça, Cidades, Direitos Humanos, Relações Exteriores, Desenvolvimento Agrário, Esporte, Meio Ambiente, Trabalho e Previdência e Transportes, além da AGU.

A presidente cancelou as nomeações de Paulo Cesar Figueiredo Ribeiro para a diretoria de Planejamento da Sudam (Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia) e de José Rodrigues Pinheiro Dória para ministro interino da Integração Nacional. Esse cargos estão vinculados à briga interna do PP entre os que são contra e a favor do impeachment. No ministério da Integração também foi exonerado Paulo Maia de Souza Valente da coordenação estadual de Alagoas.

No ministério da Saúde, Márcio Endles Lima Vale, que fora nomeado recentemente para diretoria de administração da Funasa foi nomeado agora presidente do órgão ligado ao saneamento público. Para a diretoria de administração, foi nomeado João Ricardo Medeiros Pimentel.

A Funasa também nomeou José Inácio da Silva Filho para a superintendência do órgão na Paraíba. Ambos são indicações do PTN, partido que está dividido em relação ao impeachemnt.

No ministério do Esporte, foi exonerado Carlos Santana de Oliveira do cargo de Secretário Nacional do Esporte.

Nas cidades, houve troca de assessores da presidência do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). Saiu Ailton Brasiliense e entrou Dulcídio Elias Oliveira Pedrosa. No Instituto Chico Mendes foi mudado o coordenador regional da região de Parnaíba (PI) com a nomeação de Roseane de Araújo Galeno.

No ministério do Trabalho os superintendentes regionais do Trabalho em Sergipe e Paraíba foram exonerados. O de Sergipe foi substituído por Silvio Alves dos Santos. Para a Paraíba, o cargo ficou vago. Angelo Longo Ferraro foi nomeado Assessor na Secretaria de Direitos Humanos.

Na AGU foram feitas 13 trocas de cargos internos, a Agricultura 12 mudanças, na Ciência e Tecnologia, 7, no Desenvolvimento Agrário, 6, no Relações Exteriores, 3, nos Transportes, 2 e na Defesa, 1.

Houve mudanças também no ministério da Cultura, onde 11 pessoas foram exoneradas a maioria no Ibram (Instituto Brasileiro de Museus). No Ministério da Justiça foram realizadas cerca de 50 mudanças de cargos, a maioria na Funai (Fundação Nacional do Índio).

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir