Sem categoria

‘Golpe do inbox’: estelionatário invade perfil de médico no AM para pedir dinheiro

 

O golpista conseguiu hackear um Facebook antigo do médico e pediu o dinheiro de amigos, que desconfiaram da ação – EM TEMPO

Entre tantas formas de golpes virtuais, em Manaus mais uma delas está se manifestando no Facebook. Os espertinhos virtuais estão “inovando” também na capital amazonense e aplicando o “Golpe do Inbox”. Funciona mais ou menos assim: eles escolhem o perfil de um usuário conhecido, que tenha bastante seguidores/amigos e clonam ou hackeiam o mesmo. O próximo passo é procurar entre os amigos, em conversa privada – o inbox do messenger – e atacar.

Nessa conversa que o Portal Em Tempo teve acesso, o perfil escolhido foi de um médico conhecido na cidade, que mantinha um perfil pessoal na rede social e o desativou há pelo menos 5 anos. Para a vítima ficar com peninha, de cara, o golpista pede um dinheiro emprestado, pois teria bloqueado o seu cartão do banco e não consegue sacar, além de tudo está numa emergência financeira. O valor? “Apenas” R$ 520.

Seguindo o manual do mentiroso – que diz que quanto mais justificativas, maior a mentira – o golpista enche a vítima de porquês, se explicando e prometendo devolver o dinheiro no dia seguinte.

Leia também: Serasa registra uma tentativa de fraude a cada 16 segundos

Nesse caso baré, ele deu o nome e os dados bancários de uma mulher, a Rosiane Rosada, com conta corrente no Banco do Brasil e origem no Rio de Janeiro. Desconfiada, a vítima – que nos contou a história – correu para o Google, descobriu o perfil atual do colega que teve o perfil clonado e desvendou o caso.

Em contato com o médico, ele relatou que já receberam inúmeras ligações de amigos descrevendo tentativas de aplicar o golpe e que, só na manhã de hoje, foi 3 vezes avisado do uso indevido de sua antiga página. Basta olhar o print da conversa do golpista para ver os detalhes da tentativa.

“Cancelei essa página faz bastante tempo. Acredito que seja um sistema robótico que clona ou hackeia e manda para todos da lista de amigos. Coloquei uma nota na minha página do Facebook atual, no Instagram e até no Whatsapp, alertando os amigos. As pessoas acham a situação estranha, um amigo pedindo dinheiro emprestado, tanto que eles mesmos estão me ligando e informando que hackearam a minha antiga página. Ainda bem que não houve nenhum caso que alguém depositou a quantia pedida”, conta.

Personalidades também são vítimas

Além do médico, outra personalidade amazonense que foi vítima de um golpe parecido foi o deputado Hissa Abrahão, que teve o telefone clonado, por duas vezes. O golpista agiu com o mesmo modus operandi. Fingiu ser o parlamentar e pediu dinheiro de funcionários e amigos de Hissa por um aplicativo de mensagem direta. As pessoas chegaram a efetuar o depósito e começaram a cobrar o político. O caso foi parar na delegacia.

Como denunciar

Além de denunciar para a central da própria rede social, no Amazonas, a orientação da Polícia Civil para registrar este tipo de prática é fazer o Boletim de Ocorrência na Delegacia Interativa (www.delagaciainterativa.am.gov.br).

Lívia Nadjanara

EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir