Esportes

Gilmar Rinaldi diz que ‘CBF é uma das coisas que deram certo no país’

Cinco dias depois da prisão de José Maria Marin na Suíça, o coordenador de seleções da CBF, Gilmar Rinaldi, defendeu nesta segunda-feira (1º) a entidade.

O dirigente parafraseou Carlos Alberto Parreira e afirmou que a “CBF é uma das coisas que deram certo no Brasil”.

Rinaldi foi contratado por Marin para o cargo depois do fracasso da seleção na Copa do Mundo de 2014.
“A CBF é uma das coisas que deram certo no Brasil. Muita coisa dá certo. Morei no Japão por três anos e incomodava quando só falavam dos nossos problemas. Falo com muito orgulho que sou brasileiro e ex-jogador da seleção”, afirmou o dirigente em entrevista coletiva.

Nesta segunda (1º), os convocados pelo técnico Dunga começaram a preparação para a disputa da Copa América. O torneio será disputado no Chile neste mês. A seleção estreia no torneio continental diante do Peru, no dia 14, em Temuco.

Marin foi preso na semana passada acusado de vários crimes. O principal deles de receber suborno em duas negociações.

O dirigente comandou a CBF até o mês passado e era vice da entidade.
A CBF é comandada por Marco Polo Del Nero, que foi vice de Marin e principal executivo da entidade nos últimos anos.

Em 2012, Ricardo Teixeira renunciou ao cargo após mais de duas décadas no cargo após se envolver em uma série de escândalos envolvendo corrupção no país e no exterior.

No ano passado, o então coordenador técnico Carlos Alberto Parreira elogiou os cartolas da entidade durante a inauguração da sede da CBF.

“A CBF é exemplo. É o Brasil que deu certo”, disse Parreira na época.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir