Economia

Gastos com animais de estimação não podem ser deduzidos do IR

 

imposto-de-renda

Se você tem alguma dúvida envolvendo a declaração do IR de 2016, envie para o e-mail IR2016@grupofolha.com.br. foto: reprodução

O contribuinte que teve despesas com animais de estimação não poderá deduzi-las do Imposto de Renda. Isso vale para gastos com ração, cirurgias e medicamentos, entre outros.

“Não há previsão legal para utilizar gastos com animais de estimação como pagamentos dedutíveis”, afirma Daniel Bettega, diretor da consultoria Andersen Tax Brasil.

Pelas regras da Receita Federal, podem ser abatidos do imposto gastos como os com educação, saúde e pensão alimentícia. Veja quais são.

Se você tem alguma dúvida envolvendo a declaração do IR de 2016, envie para o e-mail IR2016@grupofolha.com.br. O serviço terá início em 1º de março (terça-feira), dia em que a Receita Federal começará a receber as declarações. As perguntas devem trazer o nome do leitor (as respostas incluirão apenas as iniciais).

As respostas às perguntas dos leitores, dadas pelos consultores da Sage-IOB, serão publicadas no caderno “Mercado”, de terça a sábado, até 29 de abril, último dia para entregar as declarações.

A Receita liberou nesta quinta-feira o programa para fazer a declaração do Imposto de Renda deste ano. O prazo para envio da declaração começa na próxima terça-feira (1º de março) e vai até 29 de abril.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir