Economia

Gasto brasileiro no exterior cai 30%, e tem menor nível em abril em 5 anos

O gasto de brasileiros com viagens no exterior caiu 30% em abril comparado com o mesmo mês do ano anterior, e chegou a US$ 1,6 bilhão. Trata-se do menor patamar para o mês em cinco anos.


Quando considerado o intervalo de janeiro a abril comparado com o mesmo período de 2015, esse tipo de despesa teve queda de 16%, para US$ 6,9 bilhões. Os valores menores vêm em um contexto de alta do dólar -que subiu cerca de 19% do começo do ano até hoje- e queda na renda.

“Há uma mudança de comportamento, claro, sempre ressaltamos que essa despesa seria sensível à taxa de câmbio”, afirmou o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel.

Ele acrescentou que a expectativa é que os gastos com viagens sigam em queda até o final do ano. Dados preliminares de maio mostram que a despesa somou US$ 1,125 bilhão até o dia 22.

A queda dos gastos de viagens, junto a menos importações e e menos remessas de lucro ao exterior, ajudou a diminuir o saldo negativo das transações brasileiras internacionais em geral.

Ele foi para US$ 32,5 bilhões até abril, uma queda de 12,4% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Apesar disso, caiu também o valor dos investimentos estrangeiros diretos no Brasil, que eram US$ 29,7 bilhões de janeiro a abril de 2014 e foram para US$ 18,9 bilhões no mesmo período de 2015 -bem abaixo do rombo de US$ 32,5 bilhões.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir