Sem categoria

Garota de programa é assassinada com três tiros no Centro de Manaus

O irmão da vítima, Carlos Leonardo de Oliveira, 34, que é mototaxista, faz o reconhecimento do corpo - foto: Arthur Castro

O irmão da vítima, Carlos Leonardo de Oliveira, 34, que é mototaxista, faz o reconhecimento do corpo – foto: Arthur Castro

A garota de programa Edijane Barbosa Batista, 26, foi morta com três tiros na rua Visconde de Mauá, bairro Centro, por volta das 14h30 desta sexta-feira (13).  O autor do crime, segundo a Polícia Militar, foi um homem ainda não identificado, que estava em uma moto, de características também desconhecidas. Os disparos atingiram o pescoço e o ombro da vítima.


De acordo com informações da 24º Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a mulher foi baleada ainda na rua Visconde de Mauá, mas conseguiu correr até um dos terminais de ônibus da Matriz, onde caiu e veio a óbito.

Uma ‘garota de programa’, que não quis se identificar, informou à polícia que Edijane havia conseguido uma boa quantia em dinheiro durante esta noite e, depois de ser atingida pelos tiros, caiu de bruços tentando proteger o dinheiro, mas populares afirmaram que o homem conseguiu tirar a quantia da moça, enquanto ela agonizava no chão.

O irmão da vítima, Carlos Leonardo de Oliveira, 34, que é mototaxista, afirmou à Polícia Militar que Edijane era ex-presidiária, por ter cometido roubo no Centro. Uma outra testemunha de 25 anos que não quis se identificar, disse que a vítima devia o tráfico e que a autora do crime era uma mulher conhecida como ‘Esqueletinha’.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Por Joandres Xavier

Com informações de Thais Gama

Matéria atualizada às 17h36

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir