Dia a dia

Gacc lança o McDia Feliz 2016 para ajudar a combater o câncer infanto-juvenil

Ação do McDia Feliz deverá arrecadar dinheiro para crianças com tratamento de câncer no Estado - foto: Divulgação GACC

Ação do McDia Feliz deverá arrecadar dinheiro para crianças com tratamento de câncer no Estado – foto: Divulgação GACC

O Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC-AM) lançou nesta terça-feira (16) o McDia Feliz 2016, que vai ser realizado no dia 27 de agosto. A campanha é coordenada nacionalmente pelo Instituto Ronald McDonald há 28 anos, com o objetivo de beneficiar projetos pela cura do câncer infantil e juvenil.

No Amazonas, o GACC será beneficiado com a arrecadação total da venda de tíquetes antecipados, camisas da instituição, e dos sanduíches Big Mac no restaurante que está localizado na avenida Djalma Batista, e também nos estabelecimentos dos shoppings Amazonas, Manauara e Ponta Negra.

A presidente voluntária do GACC, Jakeliny Santos, explicou que já foi possível fazer muitas melhorias na instituição por meio do McDia Feliz.  “A nossa diretoria está há dez anos à frente desse projeto, toda a construção, a compra da sede, a ampliação e construção da nova casa de apoio, projetos como interconsulta, tudo que se vê nos últimos 10 anos de crescimento do GACC, aconteceu por meio das vendas das camisetas e do big mac”.

A instituição estima arrecadar o valor de R$ 180 mil, que será revertido para o Programa de Ampliação do Diagnóstico de Leucemia no Amazonas, uma parceria realizada com a Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (FHemoam). O objetivo é capacitar os profissionais do interior, inicialmente de Itacoatiara e Coari, para que eles possam detectar precocemente os pacientes com Leucemia e dar início ao tratamento.
Na ocasião do lançamento ainda destacaram a construção do Hospital do Sangue, na área do Centro Psiquiátrico, na qual a GACC está dando o apoio.

O GACC-AM é uma entidade sem fins lucrativos, que apoia crianças e adolescentes portadoras de câncer. A instituição atende mais de 500 famílias por meio de serviços nas áreas de psicologia e nutrição.

Por Manoela Moura

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir