Dia a dia

FVS alerta sobre os perigos da automedicação

A automedicação é um importante problema da área de saúde pública - foto: reprodução

A automedicação é um importante problema da área de saúde pública – foto: reprodução

Os perigos e os prejuízos provocados pela automedicação foram abordados no 1º Fórum de Cuidados com os Medicamentos, realizado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), em parceria com o Conselho Federal de Farmácia (CFF), no auditório da Escola Superior de Ciências da Saúde da Universidade do Estado do Amazonas (ESA-UEA), no bairro Cachoeirinha, Zona Centro-Sul.

O diretor-presidente da FVS-AM, Bernardino Albuquerque, destacou que, até o momento, não pode ser mensurada a maior incidência quando se trata da medicação irregular. Ele afirmou que a automedicação é um importante problema da área de saúde pública.

“Pedimos da população que não faça automedicação e que procure um profissional capacitado para realizar tal ato. A medicação irregular é uma prática comum, não só dos profissionais, mas principalmente da população. Mesmo as doenças tendo uma semelhança, elas precisam de uma avaliação médica”, disse.

Para Ednilza Guedes, presidente do Conselho Regional de Farmácia, é preciso que, todos os anos, sejam realizadas campanhas de sensibilização para o não uso de medicamentos, sem prescrição médica.

“Muitas pessoas ainda têm o costume de usar muitos analgésicos, corticoides, antibióticos, dentre outras medicações sem qualquer restrição ou controle. Não sabendo que um simples analgésico pode provocar uma alergia ou, ainda, algo mais grave como edema de glotes, que leva à morte. É preciso um combate a essa prática”, concluiu.

Por Gerson Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir