Sem categoria

Fumaça encobre Manaus na manhã desta quinta-feira

Segundo o tenente Janderson Lopes, do Corpo de Bombeiro, a fumaça foi causada por queimadas - foto: Josemar Antunes

Segundo o tenente Janderson Lopes, do Corpo de Bombeiro, a fumaça foi causada por queimadas – foto: Josemar Antunes

A nuvem de fumaça que encobriu Manaus, na manhã desta quinta-feira (1°), causou a suspensão de aulas em escolas municipais e creches. Crianças passaram mal. Elas sofreram tosse e falta de ar, segundo informou a Secretaria Municipal de Educação (Semed). Na creche do Colégio da Polícia Militar (PM), em Petrópolis, zona centro-sul da capital, as crianças também foram liberadas. O forte mau cheiro também causou incômodos no manauara.

A baixa visibilidade causada pelo fenômeno não chegou a afetar os pousos e decolagens no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, que operou por instrumentos, na zona norte. No Aeroporto de Ponta Pelada, na zona sul, a visibilidade foi de apenas mil metros, segundo o site Clima Tempo. No Aeroclube, no bairro Flores, na zona centro-sul, os voos foram suspensos. No Centro, a fumaça começou a se dissipar por volta das 9h30.

fumaça-Lidivan

Segundo o tenente Janderson Lopes, do Corpo de Bombeiro, a fumaça foi causada por queimadas em municípios do interior do Estado. Os focos foram identificados em Caapiranga e Careiro, provavelmente em região de floresta; Devido a um deslocamento da massa de ar, acabou trazendo a fumaça para Manaus e se espalhou por todas as zonas da cidade”, explicou.

Segundo Lopes, a fumaça deve sumir após o sol aparecer na capital. Ele destacou a importância da população em evitar queimar lixo dentro de casa, atear fogo em áreas verdes e jogar restos de cigarro em locais de vegetação, uma vez que o clima seco contribui para o surgimento de focos de incêndio e, consequentemente, fumaça.

“O nosso clima, atualmente, é propicio para incêndios devido ao forte calor, mas praticamente todas as ocorrências que estamos atendendo têm relação direta com a ação do homem. As pessoas têm que entender que a fumaça, quando se espalha pelo ar, não escolhe uma zona e acabaça atingindo toda a cidade causando problemas não só de visibilidade, mas respiratórios”, destacou.

Por Michele Freitas

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir