Economia

Frutas amazônicas são transformadas em pó para consumo no exterior

Buriti é uma das frutas genuinamente amazônicas que passam pelo processo até virar pó - foto: divulgação

Buriti é uma das frutas genuinamente amazônicas que passam pelo processo até virar pó – foto: divulgação

Frutas como açaí, buriti, camu-camu, guaraná e cupuaçu agora serão vendidos em pó para países da Europa e Estados Unidos após passar pelo processo de liofilização.  A iniciativa é de microempreendedores do Amazonas com apoio do governo do Estado, via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam). A previsão é que até 2017 o pó das frutas também seja comercializado com países asiáticos.

A fabricação do pó das frutas está sendo realizada pela empresa Nativa Amazon, em parceria com a Incubadora da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).  “A ideia de desenvolver o projeto de pesquisa e fabricar o pó das frutas surgiu há cinco anos por meio do idealizador do estudo que, durante viagens, observou um nicho de mercado ainda não explorado devido a alguns problemas que não tinham solução aparente, como é o caso da conservação das frutas. Em 2015, ele reuniu um grupo de profissionais para trabalhar nessa ideia”, disse o consultor do estudo, Orivaldo Lacerda Júnior.

Segundo Lacerda, o projeto adquire as frutas com produtores locais do Amazonas, visando estímulo à economia local. Depois é feito o despolpamento das frutas e os testes de parâmetros de qualidade. Em seguida, os pesquisadores utilizam o método de liofilização, que consiste na transformação da polpa em pó.

A liofilização consiste, basicamente, em uma ação de desidratação feita por um equipamento específico, a liofilizadora, utilizado para preservar alimentos perecíveis e princípios ativos. Neste processo, os produtos são congelados e a água é retirada por sublimação, que é quando uma substância em estado sólido passa para o estado gasoso sem contato com a água. “A ausência da água inibe a ação de microrganismos e das enzimas que, normalmente, estragam ou degradam a substância”, disse Lacerda.

 

Açaí é uma das frutas mais conhecidas da região amazônica - foto: divulgação

Açaí é uma das frutas mais conhecidas da região amazônica – foto: divulgação

 

Após a fruta passar pela liofilizadora outros testes foram realizados para garantir que o processo foi eficiente. Por fim, a fruta em pó é embalada e está pronta para comercialização. Lacerda informou que o grupo de pesquisadores está realizando outros testes para verificar a qualidade do produto final.

“Esperamos que este projeto de pesquisa traga um grande impacto sobre a forma de consumo das frutas nesses países e que a comunidade científica possa aliar, cada vez mais, a técnica que utilizamos como forma de beneficiar os alimentos”, disse o consultor.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir