Política

Frente Estadual Contra ‘Escola sem Partido’ será lançada nesta quarta em Manaus

Professores, estudantes, técnicos em educação, ativistas sociais, coletivos culturais, intelectuais e integrantes de movimentos populares integram a Frente Estadual Contra ‘Escola sem Partido’ Amazonas, que será lançada nesta quarta-feira (10), durante coletiva de imprensa na sede da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Amazonas (Adua), no Campus Universitário.

O lançamento, marcado para as 10h, no auditório da seção sindical, é parte da série de atividades programada para esta semana em Manaus contra projetos de lei que instituem as diretrizes do programa ‘Escola Sem Partido’, em tramitação na Câmara Federal (PL 867/2015), de autoria de deputado Izalci (PSDB-DF); no Senado (PLS 193/2016), de autoria do senador Magno Malta (PR-ES); e ainda em Assembleias Legislativas nos Estados, inclusive no Amazonas (Aleam), de autoria do deputado Platiny Soares (DEM). Tal programa ataca a liberdade e a autonomia pedagógica dos professores e das escolas.

Mais de 20 entidades compõem a Frente Estadual Contra ‘Escola sem Partido’ Amazonas (confira a lista), num esforço coletivo em defesa da educação pública, gratuita, democrática, de qualidade e sem mordaça. A Frente também se posiciona contrariamente à qualquer proposta reacionária, que busque retirar da sala de aula o conteúdo e o pensamento crítico.

Debate em tempos de mordaça

Após a coletiva, a Frente Estadual promove uma Mesa Redonda com o tema ‘A sala de aula em tempos de mordaça’ para debater os prejuízos que o projeto ‘Escola Sem Partido’ acarreta para a educação brasileira. A atividade também ocorrerá no Auditório da ADUA e será coordenada pelo historiador e membro do Movimento para uma Alternativa Independente e Socialista (MAIS), Raoni Lopes.

Entre os debatedores estão a estudante Maria Clara Astolfi, pela Assembleia Nacional dos Estudantes – Livre (Anel); o professor Jonas Araújo, do Movimento Vem Pra Luta pela Educação; o docente Jeffeson Pereira, indicado pelo movimento EDIVERSA; e a militante Francy Júnior, do Fórum Permanente de Mulheres de Manaus (FPPM).

Dia do Estudante
Ainda como parte da programação contra a ‘Lei da Mordaça’, a Frente Estadual Contra “Escola sem Partido’ Amazonas promove na quinta-feira (11), Dia do Estudante, às 16h, manifestação na Praça da Polícia (Praça Heliodoro Balbi), no Centro, contra essas propostas. O evento contará com a participação de sindicatos, movimentos sociais e estudantis e partidos que integram a Frente Estadual. Na ocasião, integrantes desses grupos realizarão aula pública com o objetivo de expor os riscos que o programa representa para a formação do aluno. Às 18h, no mesmo local, ocorre mais uma edição do Sambaqui.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir