Esportes

Fred perde pênalti, mas Fluminense vence 3ª seguida e assume a liderança

Com o Fluminense totalmente superior, o jogo que seguiu foi basicamente de ataque contra defesa - foto: Nelson Perez/Fluminense F.C

Com o Fluminense totalmente superior, o jogo que seguiu foi basicamente de ataque contra defesa – foto: Nelson Perez/Fluminense F.C

Ainda invicto com Levir Culpi, o Fluminense venceu sua terceira partida consecutiva no início da noite deste sábado (2), em duelo válido pela quinta rodada da Taça Guanabara. A vítima da vez foi o Madureira, que levou dois gols de Cícero e um de Scarpa e perdeu por 3 a 1 no estádio Moacyrzão.

O placar poderia ter sido maior, não fosse o pênalti desperdiçado por Fred.

O resultado coloca o Flu, ao menos temporariamente, na liderança da tabela. Com a vitória, a terceira seguida na competição, o Fluminense alcança os 11 pontos, encaminha a classificação e ultrapassa o vice-líder Vasco, que soma dez e ainda entra em campo nesta quinta rodada.

Os comandados de Jorginho pegam o Volta Redonda às 16h deste domingo, em São Januário.

O Madureira, por sua vez, segue sem vencer na Taça Guanabara e continua na última colocação da tabela, com apenas um ponto em cinco jogos.

O JOGO

Quem chegou um pouco atrasado acabou não vendo os dois primeiros gols da partida. Logo aos 5 min, Gustavo Scarpa cobrou falta com extrema perfeição, por cima da barreira, e abriu o placar. 1 a 0.

A resposta do Madureira veio no lance seguinte. Em bola cruzada para área, o zagueiro Jorge Fellipe apareceu entre os zagueiros, sozinho, para mandar de cabeça para as redes. 1 a 1.

Aos 23 min, o Fluminense perdeu grande chance de ficar novamente à frente no placar. Marcos Junior cruzou rasteiro da esquerda, a bola passou por todo mundo na pequena área – inclusive por Cícero e Fred – e saiu pela linha de fundo.

Mas três minutos depois, o time de Levir Culpi marcou mais um, no terceiro gol de bola parada da partida. Scarpa cobrou escanteio, Henrique ganhou no alto e Cícero pegou de primeira, de esquerda, para marcar um belo gol. 2 a 1.
Com bom toque de bola e muita velocidade do meio para frente, o Flu por pouco não foi para o intervalo com uma vantagem ainda maior.

Aos 12 min do segundo tempo, Fred teve chance de ouro para acabar com o seu jejum de gols, após pênalti marcado em cima de Giovanni. Mas o goleiro Rafael Santos pulou bem no canto direito e defendeu a cobrança do camisa 9.
Porém, o 2 a 1 durou pouco tempo. Praticamente no lance seguinte, Scarpa pegou rebote pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Cícero, dentro da pequena área, empurrar para as redes. 3 a 1.

Com o Fluminense totalmente superior, o jogo que seguiu foi basicamente de ataque contra defesa. Sem ter trabalho para manter a posse de bola, o quarto gol virou questão de detalhe.

Fred teve duas ótimas oportunidades, de cabeça, e cara a cara com Rafael. Na primeira, a bola passou perto da trave. Na segunda, o camisa 9 errou a cavadinha e mandou para fora. O gol do camisa 9 ficou para outro jogo.

MADUREIRA

Rafael, Formiga, Leozão, Jorge Felipe e Ayrton; Willian Oliveira, Resende (Gustavo Onofre), Jéferson (Bruno); Arthur Faria, João Carlos e Carlos Antonio (Paulo Renê)
T.: Alfredo Sampaio

FLUMINENSE

Diego Cavalieri, Jonathan (Wellington Silva), Gum, Henrique e Giovanni; Pierre, Douglas (Danielzinho), Cícero, Gustavo Scarpa e Marcos Junior (Felipe Amorim); Fred
T.: Levir Culpi

Estádio: Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé (RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Renda/público: R$ 33.200,00 / 1.264 pagantes
Cartões amarelos: Resende, Rafael Santos (M) e Fred (F)
Gols: Gustavo Scarpa (F), aos 5 min do 1º tempo; Jorge Fellipe (M), aos 7 min do 1º tempo; Cícero (F), aos 26 min do 1º tempo; e Cícero (F), aos 13 min do 2º tempo

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir