Mundo

Foto de perfil de suspeito de ataque mostra bandeira do apartheid

O suspeito pelo ataque a uma igreja em uma comunidade negra na Carolina do Sul (EUA) aparece em sua foto de perfil no Facebook vestindo uma jaqueta com a bandeira do apartheid sul-africano.

Dylann Storm Roof, de 21 anos, invadiu na noite de quarta-feira (17) a Igreja Metodista Episcopal Africana Emanuel, na cidade de Charleston, deixando nove mortos.

Ele foi preso nesta quinta-feira (18) após uma intensa busca da polícia.

Segundo testemunhas, antes de lançar o ataque, o atirador se levantou e disse que estava na ali para “matar pessoas negras”.

As autoridades afirmam que o ataque motivado por ódio racial.

Segundo o legislador estadual Larry Grooms, além do atirador, havia 12 pessoas na igreja no momento do ataque. Dos três sobreviventes, um ficou ferido.

A igreja em que houve o ataque foi fundada em 1816, quando negros que faziam parte da Igreja Metodista Episcopal de Charleston formaram sua própria congregação após desentendimentos internos.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir