Dia a dia

Foragido da Justiça é preso após tentativa de estupro na Zona Norte

preso-estupro--divulg

Claudio foi indiciado por estupro tentado e adulteração de placa de veículo automotor – foto: divulgação/ SSP-AM

O foragido da Justiça Claudio Gomes da Silva, 38, conhecido como ‘Polaca’, foi preso após se  por tentativa de estupro, avenida Sete de Maio, no bairro Santa Etelvina, Zona Norte, nesta sexta-feira (12).

De acordo com o titular do 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP), delegado  Fabiano Pignata, ele foi detido por meio de um mandado de prisão por furto em expedido no dia 16 de abril de 2014, pela desembargadora Encarnação das Graças Sampaio Salgado, da 2ª Câmara Criminal.

De acordo com Pignata, ‘Polaca’ abordado por policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), na tarde de ontem, por volta das 15h, após se envolver em uma briga, no bairro Santa Etelvina.

Conforme testemunhas, na última quarta-feira (9), Claudio teria tentado estuprar uma adolescente de 14 anos naquela região da cidade. Na ocasião, obrigou a garota a entrar no carro que ele estava, modelo L200, e a levou para um conjunto habitacional na zona Norte, onde tentou cometer o delito. A vítima conseguiu fugir e anotou a placa do veículo. Em seguida, informou os familiares sobre o ocorrido.

A autoridade policial disse que no dia seguinte à tentativa de estupro, uma pessoa próxima à vítima teria reconhecido ‘Polaca’ a partir das características repassadas pela adolescente e começou a agredi-lo em via pública. Foi quando os policiais militares foram acionados para conter a briga, na Avenida Sete de Maio.

“Na delegacia constatamos que havia um mandado de prisão em nome de Claudio, por furto a caixas eletrônicos no município de Codajás, no ano de 2014. Também notamos que o carro usado para abordar a jovem estava com as placas adulteradas. A vítima também o reconheceu, na delegacia, como autor do crime. Além de cumprirmos o mandado de prisão em nome do infrator, demos andamento aos demais crimes praticados por ele”, argumentou Pignata.

Ao término dos procedimentos cabíveis ele será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir