Sem categoria

Foragido da Justiça de Manacapuru é preso após troca de tiros com a polícia

O homem foi preso com drogas - foto: divulgação

O homem foi preso com drogas – foto: divulgação

O foragido da Justiça Jean da Silva Santos, 37, conhecido como ‘Canequinho’, foi preso por volta das 2h desta quinta-feira (19), após trocar tiros com  a polícia no Porto do município de Manacapuru (a 86 quilômetros de Manaus).

De acordo com policiais militares do município, o homem foi preso após uma denúncia anônima informando que ‘Canequinho’ estava em uma embarcação vindo do município de Coari e que chegaria ao porto de Manacapuru durante a madrugada.

Os policiais foram até o local  e deram voz de prisão a Santos. Ele reagiu e efetuou vários disparos contra os policiais, que revidaram e, durante a troca de tiros, o homem foi atingido com um tiro na perna direita.

Após ser preso, o homem foi levado ao Hospital Lázaro Reis, devido à gravidade foi encaminhado para o Pronto Socorro João Lúcio, na Zona Leste da capital.

Conforme a polícia, no momento da prisão, o suspeito apresentou um documento falso em nome de Raimundo da Silva Santos. Além de um revólver calibre 38, que foi usado para atirar contra os policiais. Com ele, também foi apreendido meio quilo de skank (a super maconha) e um celular.

Jeane da Silva é considerado pela polícia um criminoso de alta periculosidade. Ele é um dos pistoleiros da facção criminosa da Família do Norte (FND) e estava foragido do sistema penitenciário de Manaus, onde cumpria pena por homicídio.

A polícia ainda informou que ele já cumpriu pena no presídio de segurança máxima no estado de Mato Grosso (MG).

Ele é também é suspeito de ter participado da tentativa de homicídio ocorrida em 2007 contra Mauro Campbell Marque, que na época era procurador de Justiça. Atualmente ele é Ministro do Superior Tribunal de Justiça.

Após ser liberado do hospital, ele será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da cidade.

Por Mara Magalhães

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir