Esportes

Fluminense vive jejum em clássicos

Palmeira-e-Fluminense-divulg

Os números desagradam os torcedores, já que clássicos são jogos naturalmente mais cobrados – foto: reprodução

O empate sem gols com o Flamengo neste domingo (20) manteve o jejum em clássicos no Fluminense. Foi em 1º de novembro de 2015 que o time das Laranjeiras venceu um rival direto pela última vez -1 a 0 sobre o Vasco. Em 2016, o time das Laranjeiras enfrentou a equipe da Gávea e o Botafogo duas vezes sem conquistar os três pontos.

Foram duas derrotas consecutivas (2 a 1 Flamengo e 2 a 0 Botafogo) na fase classificatória do Campeonato Carioca e dois empates na Taça Guanabara (1 a 1 Botafogo e 0 a 0 Flamengo). Os números desagradam os torcedores, já que clássicos são jogos naturalmente mais cobrados. Por sua vez, o técnico Levir Culpi avaliou o jejum com tranquilidade.

“Isso passa batido. Os clássicos são os jogos da torcida, que sempre quer ganhar. Não vejo com essa visão de torcedor. Temos um time legal ainda para dizer que vamos chegar e vencer os clássicos. Teremos alguns jogos pela frente e a oportunidade de vencer”, afirmou.

Para triunfar, o time tricolor deposita confiança nos jogadores mais experientes. Fred, Diego Souza, Henrique e Diego Cavalieri são alguns dos nomes fundamentais na missão de acertar o time ainda nos primeiros contatos com o novo comandante.

“Podemos encaixar em algum jogo. A parte negativa é que não temos muito tempo para discutir lances e ver vídeos. Vamos encaixar nos jogos. Temos jogadores experientes. Eles são capazes de fechar o grupo e tomar as decisões”, encerrou.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir