Sem categoria

Flextronic alega confidencialidade sobre fábrica no PIM

A Flextronics é líder na fabricação de produtos eletrônicos e serviços - foto: divulgação

A Flextronics é líder na fabricação de produtos eletrônicos e serviços – foto: divulgação

Com a alegação de cláusula de confidencialidade, a Flextronic não se pronuncia sobre o início das atividades no Polo Industrial de Manaus (PIM). A companhia, que tem sede em Cingapura, adquiriu a fábrica da Nokia, após o anúncio da Microsoft de encerramento da fabricação da sua linha de celulares e dos videogames Xbox 360 e Xbox One, na capital amazonense.

Até então, a Flextronic assumirá a fabricação desses aparelhos e planeja iniciar a produção em janeiro de 2016. O Em Tempo fez os seguintes questionamentos, que não foram respondidos pela empresa: além do Xbox, o que mais seguirá sendo produzido pela empresa que a Microsoft já produzia? A empresa será uma espécie de terceirizada da Microsoft? Serão produzidos novos produtos? Já há contratações para a nova fábrica. Quais os cargos e quantos funcionários serão abrigados pela Flextronic?

A Flextronics é líder na fabricação de produtos eletrônicos e serviços. É estruturada para fornecer design completo, engenharia e produção de serviços para diferentes setores econômicos e indústrias tais como espaço aéreo e defesa, automotivo, computação, engenharia naval, infraestrutura, médico hospitalar, energia e Original Equipment Manufacturer (OEM) ou Fabricante Original do Equipamento Móvel.

A companhia possui uma rede de instalações em 30 países de quatro continentes com uma força tarefa de mais de 200 mil trabalhadores. A Flextronics está presente no Brasil desde 1998 e mantém atualmente quatro unidades: duas no interior de São Paulo (Sorocaba e Jaguariúna) e duas em Manaus (Masa Plásticos e Masa Eletrônicos).

Por Cleber Oliveira

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir