Esportes

Flamengo vence Sport por 1 a 0 em jogo com poucas chances de gol

Com gol de Everton logo aos cinco minutos, o Flamengo venceu o Sport no estádio Raulino de Oliveira, neste sábado (14), para somar seus primeiros pontos no Campeonato Brasileiro de 2016. Em marcha lenta, o time da casa criou pouco, mas ainda assim dominou a segunda metade e não tomou sustos.

O triunfo após dez dias reservados a treinos diminui a pressão sobre Muricy Ramalho, que mostra resultado na primeira rodada do Brasileirão. O próximo compromisso pelo Brasileiro é contra o Grêmio, em Porto Alegre, mas antes disso o rubro-negro recebe o Fortaleza nesta quarta-feira (18), pela Copa do Brasil. Eliminado do mata-mata nacional, o Sport tem a semana livre antes de pegar o Botafogo em casa.

Quatro minutos e 56 segundos foram suficientes para o Flamengo marcar o primeiro gol do Campeonato Brasileiro de 2016. O cruzamento de Rodinei foi mal cortado por Durval, e Willian Arão aproveitou a sobra para novo cruzamento, desta vez na medida para Everton completar.

Por coincidência, foi Everton quem marcou o gol do último encontro com o Sport, também aos cinco minutos, em vitória por 1 a 0. Everton, aliás, fez o primeiro gol flamenguista no Brasileiro do ano passado, mas daquela vez o resultado foi ruim: derrota por 2 a 1 para o São Paulo.

O gol no início deu tranquilidade ao Flamengo, que deixou o primeiro tempo passar mantendo o equilíbrio em um confronto sem grandes emoções.

Quando Rithely foi expulso, o time carioca aproveitou muito bem a condição para ter superioridade numérica em qualquer lugar em que a bola estivesse. Com um pouco mais de capricho nos contra-ataques, teria vencido por mais.

Faltou certa dose de calma para o Sport superar o placar adverso logo nos primeiros minutos. A equipe pernambucana demorou para se acertar e só não levou mais gols por falta de capricho dos atacantes adversários.

Depois, com um a menos, teve enorme dificuldade para transpor a marcação flamenguista e acabou por se entregar nos minutos finais.

Um dos destaques da partida, o colombiano Cuéllar ganhou praticamente todas as divididas que disputou e ainda esteve envolvido na expulsão de um rival. Willian Arão também foi soberano no setor, inclusive dando assistência para o gol de Everton. Sobrecarregada pelo esquema com três atacantes, a dupla de volantes se portou bem.

O esquema com três atacantes tem muito a ser aprimorado mesmo dando resultado. Willian Arão e Mancuello encontraram brechas na defesa do Sport com passes em infiltração, mas as poucas chances deveriam ser melhor aproveitadas por Guerrero e Éverton.

Defensivamente, Muricy acertou ao apostar no jovem Léo Duarte, de 19 anos, que foi seguro ao lado de Juan. De modo geral, o técnico conseguiu fazer com que o Fla não fosse ameaçado durante toda a partida.

Desafeto da torcida flamenguista pelas provocações, Diego Souza foi bastante discreto neste sábado. A atuação do meia reflete a postura do próprio Sport, que se perdeu na marcação adversária e foi quase inofensivo. Nas poucas vezes que apareceu, o camisa 87 do Leão chegou a ser xingado no Raulino de Oliveira.

FLAMENGO

Paulo Victor; Rodinei, Léo Duarte, Juan e Jorge; Cuéllar, Willian Arão e Mancuello (Alan Patrick); Everton, Emerson (Marcelo Cirino) e Paolo Guerrero (Ederson)

T.: Muricy Ramalho

SPORT

Magrão; Samuel Xavier, Oswaldo Henríquez, Durval e Renê; Rithely, Gabriel Xavier, Mark González (Serginho), Diego Souza e Lenis (Túlio de Melo); Vinícius Araújo (Neto Moura)

T.: Oswaldo de Oliveira

Estádio: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

Cartões amarelos: Guerrero e Emerson (F); Serginho (S)

Cartão vermelho: Rithely (S)

Gol: Everton (F), aos 5 min do 1º tempo

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir