Eleições 2016

Fiscalização do TRE-AM apreende material de propaganda irregular na Zona Norte de Manaus

Ainda segundo Fued Cavalcante, será feito um relatório da irregularidade e uma notificação, será apresentada para o candidato - foto: Márcio Melo

Ainda segundo Fued Cavalcante, será feito um relatório da irregularidade e uma notificação, será apresentada para o candidato – foto: Márcio Melo

A Comissão de Fiscalização da Propaganda Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TER-AM), apreendeu na manhã deste domingo (30), durante votação do pleito, um material de propaganda fixado irregularmente em um veículo de passeio em frente à escola estadual Aldeia do Conhecimento Professora Ruth Prestes Goncalves, localizado na avenida Noel Nutels, bairro Cidade Nova, Zona Norte.

De acordo com o coordenador-geral da comissão de apoio aos juízes da propaganda eleitoral do TRE-AM, Fued Semen Cavalcante, foi constatada irregularidade de um motorista que tinha fixado uma bandeira do candidato a prefeito, Marcelo Ramos (PR), no vidro traseiro, o que não é permitido pela Lei Eleitoral. “É permitido apenas adesivo perfurante e fizemos apreensão do material que agora vai ficar em poder da comissão.  Orientamos também o cidadão para que não prossiga dessa maneira”.

Ainda segundo Fued Cavalcante, será feito um relatório da irregularidade e uma notificação, será apresentada para o candidato.

A comissão iniciou a de hoje blitz por volta das 8h da manhã, com todas as equipes de servidores do Tribunal, secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmas), Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans) percorrendo durante todo o dia nas principais zonas da cidade, verificando irregularidades.

“Até o momento, nada de mais grave foi achado. Recebemos inúmeras denúncias chegando no conhecimento do TRE, não só da comissão de propaganda, tendo em vista a dimensão da nossa cidade. Cada juiz dentro da jurisdição está encarregado de coibir nos colégios eleitorais os crimes eleitorais encontrados, como caixa 2”.

Diogo Dias
Jornal EM TEMPO

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top