Cultura

Filmes e concerto no Teatro Amazonas encerram ‘Semana Europa no Brasil’

A Secretaria de Estado de Cultura, em parceria com Delegação da União Europeia no Brasil, encerra nesta sexta-feira (29), a programação que celebra a 11ª Semana da Europa no Brasil: apresentação de dois filmes e um grande concerto no Teatro Amazonas.

No encerramento do Festival de Filmes Europeus, com entrada franca, no Teatro Gebes Medeiros, serão exibidos dois longas.

Um deles é o ‘O Sol dentro’ (2012), produção italiana, dirigida por Paolo Bianchini, com classificação livre, programado para as 14h. O outro é ‘A gangue de Oss’ (2011), produção dos Países Baixos, dirigida por André van Duren, com classificação de 16 anos, previsto para às 18h30.

À noite, às 20h, no Teatro Amazonas, acontece o concerto de encerramento da 11ª Semana da Europa no Brasil. Sob execução da Orquestra Amazonas Filarmônica e regência do maestro Luiz Fernando Malheiros, os convidados do concerto serão os cantores italianos AngelaNisi (soprano) e Giuseppe Tommaso (tenor).

Os ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro (plateia e frisas) a R$ 20. Demais setores têm entrada franca.

“Comemorar a 11ª Semana da Europa no Brasil em Manaus é uma oportunidade sem igual de realizar um grande congraçamento entre os países da União Europeia e o Amazonas, mostrando nossa cultura e o talento de nossos artistas”, delclarou o governador do Amazonas, José Melo

“Uma grande troca de experiência cultural aconteceu durante a semana, com o Festival de Filmes, a presença, em nosso Estado, de ilustres visitantes europeus e com o encerramento musical da Orquestra Amazonas Filarmônica”, concordou o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga.
 
Público expressivo

Para o evento, Manaus recebeu pela primeira vez uma seleção de premiados filmes europeus, que contou com participação expressiva do público, principalmente de escolas de Manaus, nas duas seções diárias do Festival de Filmes Europeus, realizado entre 25 e 29 de maio, no Teatro Gebes Medeiros.

Ao todo, dez obras retrataram o chamado Velho Mundo e abordaram temas relacionados à cidadania e ao desenvolvimento, com a exibição do premiado espanhol ‘Diamantes Negros’ (2013), e o longa-metragem português ‘Tabu’ (2012), premiado em diversas categorias pela crítica europeia.

 
Saiba mais sobre os filmes:

‘O Sol dentro’:

É a história de uma longa viagem, de Yaguine e Fodé, dois guineenses, personagens símbolos da jornada. Na história, eles escrevem uma carta para “Suas Excelências, os membros e responsáveis pela Europa”, em nome de todas as crianças e garotos da África. Nesta carta, eles pedem ajuda para poderem ter acesso à escola, comida, medicamentos, “…como seus filhos, que vocês amam com suas próprias vidas…”

O filme foi reconhecido no ano de 2013 como ‘Filme de Destaque Cultural’ pelo Ministério para os Bens e as Atividades Culturais da Itália. Durante uma exibição especial no Parlamento Europeu, no âmbito da iniciativa ‘Fattisentire’ (Faça-se ouvir), foi entregue aos parlamentares europeus a carta escrita por Yaguine  e Fodè, protagonistas do filme, e mais de mil cartas escritas pelos alunos de várias escolas italianas, seguindo o exemplo dos dois jovens guineenses.

‘A gangue de Oss’:

A obra conta a história de Johanna, que almeja escapar da teia da criminalidade que está à sua volta. Porém, quanto mais ela tenta escapar, mais se envolve. Nos anos 1930, a cidade de Oss, situada no sul dos Países Baixos, era dominada pela criminalidade organizada.

Desde o norte do país, a polícia militar foi enviada para liberar a cidade da terrível ‘Gangue de Oss’. Quando a polícia descobre que até os funcionários municipais e pessoas significativas da cidade se envolvem na prática de crimes sexuais e fraude, o conflito explode entre o sul católico e o norte protestante, o que provoca a queda do governo – o último que havia antes da Segunda Guerra Mundial.

O filme ganhou dois prêmios: Golden e PlatinFilm, Netherlands (2011) &Golden Calf para a ‘Melhor Música’ (2011). Além disso, foi nominado em 2011 pelo Golden Calf para ‘Melhor Roteiro de Filme de Longa Metragem’, ‘Melhor Ator’, ‘Melhor Ator Coadjuvante’, ‘Melhor Cinematografia’, ‘Melhor Direção de Arte’ e em 2012 pelo Rembrandt Awards, para o “Melhor Filme Neerlandês”.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir