Política

Filiado que cometer “ilegalidades” não continuará no PT, diz Rui Falcão

O PT vai expulsar os integrantes do partido condenados pela Justiça sob acusação de atos de corrupção. O anúncio foi feito nesta terça-feira (5) durante o programa político da legenda transmitido em todos os canais da TV aberta. Durante a apresentação do programa, as redes sociais divulgaram a ocorrência de panelaço em várias cidades do país. As manifestações foram marcadas pela web.

“Qualquer petista que cometer malfeitos e ilegalidades não continuará nos quadros do partido”, disse o presidente do partido, Rui Falcão. “O PT não aceita que alguns setores da mídia queiram criminalizar todo o partido por causa de erros graves de alguns filiados”, completou.

O programa ressaltou ainda que integrantes de vários partidos, “inclusive de oposição”, também estão sendo investigados sob suspeita de envolvimento em ilegalidades. “A Justiça tem que ser igual para todos”.

O PT informou também que o partido não aceitará mais o financiamento empresarial de campanha e conclamou as demais legendas a fazer o mesmo, a fim de “fechar as portas para a influência do poder econômico nas eleições e nos governos”.

Por ABr

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir