Esportes

Fifa aprova testes para uso de vídeos em lances duvidosos no futebol

A Fifa aprovou neste sábado (5) a realização de testes para o uso de vídeo para auxiliar a arbitragem em lances duvidosos no futebol.

A decisão foi divulgada após a reunião da International Football Association Board (Ifab, na sigla em inglês) realizada em Cardiff, no País de Gales. O Comitê é o responsável por determinar as regras do futebol e foi criado em 1886.

De acordo com o comunicado do órgão, os testes vão durar pelo menos dois anos para identificar as vantagens e desvantagens da introdução da tecnologia nos gramados. Os experimentos, no entanto, deverão ter início até a temporada 2017/2018.

“O Ifab concordou em permitir o experimento que envolverá um assistente para ter acesso a replays durante o jogo e rever algum incidente [na partida] a pedido do árbitro principal, ou se comunicar com o mesmo de forma proativa sobre um fato que não foi marcado”, diz parte do texto no site da Fifa.

Ainda segundo o comunicado, “a expectativa não é atingir 100% de eficiência nas decisões para cada acontecimento do jogo, mas evitar claramente decisões incorretas em lances que definam resultados – gols, pênaltis, cartões vermelhos diretos e erro no jogador a ser advertido”.

A International Board se reunirá nas próximas semanas para definir um cronograma de torneios que contarão com o teste ao longo dos próximos 24 meses.

A Folha de S.Paulo já havia adiantado que os primeiros testes da tecnologia podem ser feitos na Série A do Brasileiro de 2016. A primeira rodada do Nacional está marcada para 15 de maio, dois meses depois da reunião decisiva do Ifab. Já os principais torneios europeus, como a Eurocopa, só começam em agosto.

Já a Uefa anunciou nesta sexta (4) que as finais da Liga dos Campeões e da Liga Europa desta temporada vão ter a tecnologia que determina se a bola ultrapassou ou não a linha do gol.

Por: Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir