Dia a dia

Milhares de fiéis participam de procissão em celebração ao jubileu de Nossa Senhora Aparecida

Os devotos caminharam pelas ruas do Centro de Manaus

Os devotos caminharam pelas ruas do Centro de Manaus – foto: João Paulo Oliveira

Mais de 48 mil fiéis católicos de Manaus celebraram com cânticos e orações os 300 anos de aparição de Nossa Senhora Aparecida, na tarde desta quarta-feira (12). A procissão saiu do Santuário de Nossa Senhora da Imaculada Conceição Aparecida, situada na rua Alexandre Amorim, bairro Aparecida, Zona Sul de Manaus, às 17h, e seguiu pelas ruas do centro da capital amazonense.

Este ano, a festa tem como tema “O rosto misericordioso de Maria” e a programação começou cedo, com a realização de uma carreata com a imagem da santa e terminou com a procissão e missa campal, presidida pelo bispo auxiliar, dom José Albuquerque.

A procissão saiu do santuário e seguiu pelas ruas Alexandre Amorim, rua 10 de Julho, rua Ferreira Pena, avenida Leonardo Malcher, rua Luiz Antony, avenida Ramos Ferreira, rua Wilkens de Matos, retornando para a rua Alexandre Amorim e avenida coronel Salgado.

 

procissao-nossasenhora-aparecida

Imagem da santa percorre pela avenida Alexandre Amorim, na Zona Sul – foto: João Paulo Oliveira

O evento religioso contou com a atuação da Polícia Militar do Amazonas durante todo o trajeto. Os militares fizeram o policiamento ostensivo por meio de pontos de relacionamento comunitário e visibilidade, além do policiamento a pé.

A procissão foi dirigida pelo padre e missionário redentorista, Josinaldo Alves de Souza, que esteve no trio elétrico entoando louvores e cânticos, orando e rezando, motivando a fé da multidão que caminhava ao longo do percurso. Uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), uma ambulância da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) e duas guarnições da polícia militar escoltaram a multidão do início ao fim do trajeto.

O arcebispo metropolitano de Manaus, dom Sérgio Castriani, concluiu a procissão com agradecimentos aos fiéis presentes. Ele reiterou a importância da fé. “A população aumenta, acredito que a tendência é sempre aumentar o número de fiéis. A produtividade do evangelho da igreja também reflete todos os anos na procissão. A propaganda e divulgação esse ano foi muito boa, temos meios de comunicação divulgando a festa. Pelo fato de ser um feriado, onde algumas pessoas não trabalham, isso também favorece que pessoas venham de todas as partes da cidade”.

 

Por João Paulo Oliveira

Portal EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir