Economia

FGTS injeta mais de R$ 300 milhões na economia do Amazonas

Em todo o país, 5 milhões de pessoas ainda não sacaram o benefício- Foto arquivo AET

Os saques das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) chegam ao fim no próximo dia 31, mas, até a última quarta-feira (12), 68.916 beneficiários amazonenses não retiraram os valores acumulados.

Os dados foram divulgados pela Caixa Econômica Federal na última sexta-feira (14), que aponta também que, no Amazonas, mais de 272.290 trabalhadores já haviam sacado os recursos disponíveis. O total de beneficiários no Estado do Amazonas é de 341.206 pessoas.

O valor injetado na economia do Amazonas chegou, até a última quarta-feira, a R$ 354,2 milhões, superando os R$ 353,8 milhões que estavam previstos para serem sacados desde o início das operações no dia 10 de março deste ano.

A Caixa alertou que, passada a data de 31 de julho, os saques de contas inativas só poderão ser feitos nas outras situações previstas em lei, como aposentadoria, ou após a conta de FGTS permanecer sem depósitos por 3 anos ininterruptos.

Em todo o país, 5 milhões de pessoas ainda não sacaram o benefício. Os pagamentos já somam mais de R$ 41,8 bilhões para 24,8 milhões trabalhadores beneficiados pela lei 13.446/2017.

O valor pago, até o dia 12 de julho, equivale a 96% do total disponível para saque, de R$ 43,6 bilhões. O número de trabalhadores que sacaram os recursos das contas do Fundo de Garantia representa 82% das 30,2 milhões de pessoas beneficiadas pela medida. Os recursos sacados das contas inativas do FGTS superaram a previsão inicial do banco, de R$ 35 bilhões.

Joandres Xavier
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir