Sem categoria

Festa do Cupuaçu aumenta saída de carros da capital neste feriadão; pelo menos 40 mil devem deixar Manaus

Segundo a PM, cerca de 10 mil veículos utilizaram a ponte Rio Negro para sair da cidade - foto: Márcio Melo

Segundo a PM, cerca de 10 mil veículos utilizaram a ponte Rio Negro para sair da cidade – foto: Márcio Melo

O movimento nas principais saídas de Manaus foi intenso na manhã desta quinta-feira (26), feriado do Corpus Christi. De acordo com a Polícia Militar do Amazonas (PM/AM), ao menos 40 mil carros devem deixar a capital até sábado (28). A 26º edição da festa do cupuaçu, realizado neste fim de semana, no município de Presidente Figueiredo a (107 quilômetros de distância de Manaus), contribuiu para o aumento de veículos na BR-174.

Nesse feriadão prolongado, o manauara aproveitou para relaxar longe da capital. Prova disso é que a frota de carros que deixou a cidade nesta quinta, superou em 15% a marca registrada no último feriado, segundo informações da PM/AM.

Somente nas primeiras horas do dia, mais de 16 mil veículos já tinham passado pela fiscalização do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), localizada no início das rodovias AM-010 e BR-174.

A fiscalização policial montada na ponte sobre o Rio Negro – que liga Manaus ao município de Manacapuru (87 quilômetros de distância da capital) -, deixou o trânsito parado, provocando engarrafamento de quilômetros. Segundo a estimativa da PM/AM, cerca de 10 mil veículos utilizaram essa via para sair da cidade.

Para reforçar a segurança dos condutores e garantir a tranquilidade nas rodovias, a PM também realizou blitz para fiscalizar a documentação dos veículos e os equipamentos obrigatórios de segurança. As infrações mais comuns presenciadas neste feriado foram a falta do uso do cinto de segurança, pneus carecas e veículos em péssimas condições físicas.

Já no Porto do Ceasa, a quantidade de carros que utilizou o sistema de balsas para sair de Manaus, foi muito abaixo do esperado pelos empresários das embarcações. Até às 10h, pouco mais de 300 veículos tinham realizado a travessia. Neste feriado, o sistema de travessia contou com o apoio de 7 balsas.

“Esperávamos que pelo menos mil carros saíssem de Manaus pelo porto do Ceasa, mas fomos surpreendidos com o baixo movimento. Em média, foram 30 carros em cada uma das cinco balsas que estavam operando agora pela manhã. Nos feriados passados registrávamos cerca de 1,5 mil veículos. A crise afetou tudo, até o sistema de embarcação. A população tem evitado o lazer. Durante a semana não conseguimos nem lotar uma balsa”, alegou o empresário do ramo de embarcação, Adelson Cruz.

Por Gerson Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir