País

Ferido em tiroteio no Rio passa por cirurgia após lesão grave no olho

Um morador do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro, foi ferido em um tiroteio entre militares e criminosos na noite de ontem (6) e teve que passar por cirurgia, na tarde de hoje (7), por causa da grave lesão em um dos olhos. A vítima, que, segundo a Força de Pacificação da Maré, é um homem jovem, continua internada no Hospital Municipal Souza Aguiar desde a madrugada.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a vítima está clinicamente bem, mas será preciso aguardar a evolução do caso para determinar se haverá danos à visão.

A Força de Pacificação da Maré informou que o confronto ocorreu na comunidade Baixa do Sapateiro, por volta das 23h30. Militares teriam sido atacados por pessoas não identificadas, que a nota chama de “agentes perturbadores da ordem pública”.

Os militares, de acordo com a nota, reagiram aos disparos e, ao verificar a área do confronto, encontraram um morador ferido no rosto por estilhaços. Segundo o Exército, o ferimento foi causado pelos tiros dos suspeitos.

A Força de Pacificação do Exército deve ser substituída no final deste mês pela Polícia Militar, que instalará unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) no complexo de favelas.

As Forças Armadas estão na Maré desde abril do ano passado. A saída dos homens chegou a ser programada para dezembro, mas houve um pedido de permanência por parte do governo do estado.

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir