Esportes

‘Fera do jiu-jitsu’, na categoria leve, conquista mais um título no AM

A atleta revelou que o determinante para a conquista foi a sua força de vontade durante a preparação para o campeonato - foto: Alberto César Araújo

A atleta revelou que o determinante para a conquista foi a sua força de vontade durante a preparação para o campeonato – foto: Alberto César Araújo

Dentro dos tatames, ninguém consegue desbancar na categoria 12/13 graduado pesadíssimo, a atleta Larissa Nicácio. A melhor lutadora nos anos de 2013 e 2014 pela Federação de Jiu-Jitsu do Amazonas (FJJAM) e Federação Amazonense de Submission – Luta-Livre (FASUB) ela continua provando que é uma das principais esperanças do esporte do Estado para o futuro.

No último final de semana, após vencer duas lutas por finalização, Larissa garantiu o primeiro lugar na Seletiva Amazonense de Jiu-Jitsu e de quebra, se classificou para disputar o Mundial da modalidade deste ano. A competição aconteceu no ginásio Bergão, no São Jorge, zona Oeste de Manaus e foi realizado pela FAJJE.

A atleta revelou que o determinante para a conquista foi a sua força de vontade durante a preparação para o campeonato. Alem disso, Larissa afirmou que seu objetivo é, novamente, ser eleita a melhor de sua categoria no Amazonas.

“Fiz duas lutas duras e consegui finalizar ambas. Foco e determinação é o segredo. Elas eram duras, mas treinei forte e consegui vencer. Agora vou focar na Copa Brasil de Luta-Livre. Vamos com fé atrás de mais um ouro. Meu objetivo é ser a melhor do ano na federação de luta-livre e jiu-jitsu”, disse a atleta que já compete neste final de semana.

Com apenas 12 anos, Larissa tem que conciliar sua forte rotina de treinamentos com a escola. Para sua mãe, Adriana Abrantes, o grande segredo de tamanha determinação é o prazer que a lutadora sente quando está treinando. Segundo a mãe e fã número um de Larissa, esse foco só aumenta o orgulho que a família sente da atleta.

“A preparação para as competições sempre é forte. Ela é muito determinada em tudo que faz. Vê-la brilhando é muito satisfatório, principalmente porque acompanho de perto sua dedicação. Com apenas 12 anos, ela já é um destaque fazendo o que gosta”, citou Adriana.

Para seu pai e parceiro de treinamento, Célio Nicácio, as conquistas são fruto de um trabalho bem feito com Larissa. Apesar da qualidade de sua equipe na academia Club Pina, o ponto forte é sua visão de atleta.

“A Larissa tem uma determinação de atleta competidora. Ela não se importa de abrir mão de brincadeira ou divertimento para treinar. Ela faz porque gosta. Hoje, ela treina judô na Vila Olímpica, a tarde faz luta-livre e a noite treina jiu-jitsu. Muitas vezes, nos preocupamos com o cansaço, mas ela quer treinar, porque quer manter o foco. A diversão dela é competir”, finalizou o pai.

Por Thiago Fernando (equipe EM TEMPO)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir