Esportes

Felipão precisa de feito improvável para buscar título inédito

Felipão - foto: Divulgação/Grêmio F. B. P. A.

Felipão – foto: Divulgação/Grêmio F. B. P. A.

Nesta quinta-feira (17), o técnico Luiz Felipe Scolari terá que realizar um feito improvável para ficar mais próximo de conquistar um título ainda inédito em sua carreira.

No comando do Guangzhou Evergrande, da China, ele terá que vencer o multicampeão Barcelona para tentar colocar um time asiático pela primeira vez na final de um Mundial de Clubes.

A partida será, às 8h30 (Fox Sports e SporTV), no Estádio de Yokohama, no Japão. Quem vencer, encara na final o River Plate, que bateu o Sanfrecce Hiroshima, do Japão, por 1 a 0, nesta quarta (16).

Felipão pode chegar à sua terceira decisão de Mundial de Clubes, um dos únicos títulos que faltam em sua carreira.

Em 1995, no comando do Grêmio, o treinador saiu derrotado de uma disputa de pênaltis após empate por 0 a 0 contra o Ajax, que tinha o goleiro Van der Saar, os irmãos De Boer e Kluivert . Em 1999, pelo Palmeiras, o técnico perdeu o título para o Manchester United, de Beckham, em derrota por 1 a 0.

No rol de títulos de Felipão estão quatro títulos da Copa do Brasil, um Campeonato Brasileiro, e duas Libertadores, além de outras conquistas regionais e estaduais.

Na China, em pouco mais de seis meses no Guangzhou Evergrande, Felipão já foi campeão nacional e também da Liga dos Campeões da Ásia.

O local da partida é bem conhecido pelo técnico. Em 2002, o estádio foi palco do pentacampeonato mundial pela seleção brasileira, a maior conquista de sua carreira.

Apesar da dificuldade, Felipão diz estar confiante. “Somos campeões da Ásia e eliminamos o América do México, que é campeão da Concacaf. Ganhamos o direito de estar aqui. Respeito muito o Barcelona, mas confio nos meus”, disse em entrevista coletiva nesta quarta.

O jogo

O Barcelona vem a campo sem Neymar, que se recupera de lesão muscular. O técnico Luis Enrique não adiantou a escalação, mas afirmou em coletiva, nesta quarta, que irá para a partida “com a melhor equipe possível para jogar uma semifinal”.

O técnico chamou a atenção para a intensidade física do Guangzhou e afirmou que a equipe chinesa tem capacidade para sair jogando de trás.

Luis Enrique destacou a qualidade de Ricardo Goulart, e Elkeson, brasileiros que jogam no clube chinês, mas disse não saber como Robinho tem jogado. “Se estiver bem, é um jogador de qualidade top”.

O elenco do Guangzhou conta com quatro brasileiros. Além de Goulart, Elkeson e Robinho, Paulinho também é destaque.

O volante tem boa experiência em mundiais. Em 2012, Paulinho foi um dos destaques da conquista corintiana sobre o Chelsea.

Na partida das quartas de final, ele fez o gol que garantiu a vitória de virada por 2 a 1 sobre o América-MEX.

 

Por Folhapress

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top