Sem categoria

Feirante morre e homem é baleado após assalto e tiroteio na Manaus Moderna

O feirante Francisco Francimar Pereira, 43, morreu após ser baleado durante um assalto nas dependências da feira da Manaus Moderna, no Centro, por volta das 13h, deste domingo. Após assaltar, balear permissionários e fugir, o ex-presidiário Tiago Couteiro Sales, 23, juntamente com o comparsa Arlesson Cobos da Silva, 21, foram presos, no rio Negro, quando tentavam fugir por detrás do Pronto-Atendimento ao Cidadão (PAC) Educandos, na rua Lourenço Braga, Educandos, Zona Sul.


A investida da dupla ocorreu no momento em que as vítimas fechavam os boxes. De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos armados anunciaram o assalto e roubaram celulares e pertences dos feirantes. Na ocasião, Francisco tentou correr e foi baleado na cabeça e no peito e Alessandro dos Santos Silva, 28, foi baleado na perna. Os dois foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhados aos prontos-socorros João Lúcio e 28 de Agosto, respectivamente.

Ainda conforme a polícia, durante o assalto, outras duas pessoas, cujos nomes não foram divulgados, tiveram ferimentos leves e foram conduzidas ao Serviço de Pronto-Atendimento (SPA) Colônia Oliveira Machado. Nas buscas pelos assaltantes, policiais militares da Força Tática localizaram dois suspeitos em fuga e iniciaram perseguição.

“Após tomarmos conhecimento por meio de nosso rastreador do assalto, saímos em busca dos criminosos na área e ao passar pelo PAC avistamos os suspeitos, que foram apreendidos e, posteriormente, reconhecidos por uma das vítimas. Com eles não foi apreendido nenhum dos objetos levados”, explicou o tenente Prata da Força Tática.

Os policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) informaram ao AGORA que Francisco morreu minutos após dar entrada na unidade de saúde. Alessandro está internado, mas não corre risco de morte. As outras duas vítimas foram liberadas.

No 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Praça 14 de Janeiro, os suspeitos prestaram depoimento e foram autuados em flagrante pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

Por Thaís Gama

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir