Dia a dia

‘FDN está quebrada’, diz secretário de segurança Sérgio Fontes

Sérgio Fontes revela que a FDN está dividida e briga entre si – Thaísa Lima/SSP

“A Família do Norte (FDN) está quebrada”, afirmou o titular da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Sérgio Fontes, em entrevista exclusiva ao EM TEMPO. Ele também informou que as ações da polícia no combate ao tráfico de drogas no Amazonas que ocorreram nos últimos 3 anos desestruturaram a organização criminosa que agia de forma truculenta no Estado, causando homicídios, roubos, furtos e lavagem de dinheiro, dentre outros delitos.

“O grupo criminoso começou a brigar entre si nos últimos meses. As subfacções que existem, como ‘Potência Máxima’, ‘FDN Pura’ e ‘Bonde dos 40’, estão brigando devido à falta de substâncias entorpecentes e os prejuízos financeiros que foram imputados ao tráfico”, disse o secretário Sérgio Fontes.

Ainda conforme Fontes, a transferência para presídios federais em outros Estados do narcotraficante José Roberto Fernandes Barbosa, o “Zé Roberto da Compensa” (foto) e do pistoleiro Alan de Souza Castimário, o “Nanico”, em novembro de 2015, durante a operação La Muralla, do Departamento de Repressão a Entorpecentes (DRE), vinculado à Superintendência da Polícia Federal do Amazonas, dos transferidos Gelson Lima Carnaúba (foto), o “Cê” ou “Cabeça”, e João Pinto Carioca (foto), o “João Branco”, em março de 2016, foi um grande baque para a facção criminosa, que ficou sem as lideranças no Amazonas.

Leia também: Combate ao crime no Amazonas ganha reforço de 70 fuzis do Exército

O secretário Sérgio Fontes contou que a polícia está na caçada ao atual líder da organização criminosa FDN, que é o pistoleiro e traficante Gregório da Graça Alves (foto), o “Mano G”, ou “Mano Greg”. Ele está fugitivo da Justiça desde março de 2015, quando cortou a tornozeleira eletrônica que vinha usando da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). “Sabemos que atualmente ele está na Colômbia e estamos à procura dele. Combater os líderes dessa organização criminosa é uma de nossas metas, pois assim eles perdem a liderança do movimento de drogas”, disse o titular da SSP.

Apreensão de drogas

Em 2017 mais de 7 toneladas de drogas foram apreendidas no AM – Divulgação

Segundo o secretário Sérgio Fontes, a facção criminosa FDN e Primeiro Comando da Capital (PCC) estão “sentindo na pele” a apreensão de 7,6 toneladas de drogas, que ocorreu de janeiro a julho deste ano. “Eles estão sendo prejudicados com essas apreensões. No mesmo período do ano passado, nós apreendemos quatro toneladas de drogas. Neste ano, nós já ultrapassamos essa meta e estamos a caminho de um recorde”, contou.

Drogas mais consumidas

Fontes revelou que as drogas mais consumidas por usuários de drogas do Amazonas são a maconha e pasta-base de cocaína. Segundo ele, não existe classe para esse tipo de drogas: os produtos são consumidos na periferia e pela classe alta.

Thiago Monteiro
EM TEMPO

Leia mais: 

SSP-AM envia reforço extra para áreas de confronto de criminosos

7 chefes da FDN são transferidos para presídio federal onde está ‘Zé Roberto’, fundador da facção

Zé Roberto envia recado aos membros da FDN e pede fim de assassinatos

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir