Dia a dia

FCecon lança ‘Outubro Rosa’ com nova iluminação; programação de prevenção ao câncer vai até o fim do mês

A campanha é um reforço para população sobre o diagnóstico precoce da doença - foto: divulgação

A campanha é um reforço para população sobre o diagnóstico precoce da doença – foto: divulgação

As atividades do “Outubro Rosa” tiveram início nesta sexta-feira (30) com a iluminação do prédio da Fundação Centro de Controle do Estado do Amazonas (FCecon), localizado na rua Francisco Orellana, bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus. O movimento tem como objetivo a prevenção aos cânceres de mama e colo uterino. A abertura se deu com a fala de várias autoridades, além da apresentação do coral da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e a banda da Marinha do Brasil.

De acordo com o diretor presidente da FCecon, cirurgião Marco Antônio Ricci, esse mês, a instituição vai intensificar os exames de mamografia, assim como na rede pública. Além disso, será realizado um programa de reordenamento do fluxo de pacientes, que irá promover mais exames de biópsia de câncer, e quem receber o diagnóstico de cura, será encaminhado para outras unidades de referência do Estado.

“Vamos também orientar várias ações e divulgar a realização do preventivo. Assim como incentivar as mulheres de 40 anos a fazer o onco check-up, que são exames para identificar o câncer precocemente”, explicou.

A profissional de educação física, Gracinete da Costa Chaves, 37, descobriu o câncer de colo de útero há três anos. Após passar por todo processo de quimioterapia e radioterapia para curar a doença, hoje ela ajuda outras mulheres por meio de atividades físicas. “A partir de tudo que enfrentei, procuro ajudar outras mulheres que precisam, incentivo a fazer o autoexame, e dou meu testemunho como forma de inspiração”, afirmou.

Durante o evento, a enfermeira Marília Muniz, presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Amazonas destacou que os sites e monumentos em cor de rosa, são uma oportunidade de chamar a atenção ao problema.

“Isso serve de alerta para as mulheres fazerem o preventivo, principalmente, para aquelas mulheres que já têm histórico familiar”, disse Muniz.

Segundo o mastologista Jesus Pinheiro, presidente da Liga Amazonense Contra o Câncer (LACC), a campanha é um reforço para população sobre o diagnóstico precoce da doença.

Manoela Moura do EM TEMPO online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir